Foto de Terenzi

As 12 mais músicas mais depressivas da história

Ontem eu e Lucci estávamos conversando sobre quais seriam as músicas mais depressivas da história. A idéia era fazer uma lista. Eu até cheguei a fazer uma, mas não fiquei totalmente satisfeito com o resultado. O problema maior é a questão do cirtério. Por exemplo, como posso deixar Luka da Suzanne Vega de fora? É uma porra de música sobre abuso infantil!! Mas a música não tem aquela vibe tão depressiva assim na melodia (de propósito, mas não tem)

Sem contar que minha lista não tinha músicas brasileiras e só percebi isso quando o Lucci me apresentou a lista dele. Sendo assim, convido os senhores a me ajudar neste desafio. Escolher as 12 músicas mais depressivas da história. Depois de escolhida eu monto um pack de mp3 e disponibilizo para os senhores o primeiro album com selo Joio. Ou podemos considerar o segundo, se considerarmos o selo Oio que lancou um pack fantástico de Covers uns 8 anos atrás que eu tenho até hoje.

 

O critério básico é que a pessoa tem de sentir a depressão da música já na primeira vez que escutar. Sem se preocupar com o contexto. Assim, "Gostava tanto de você" não poderia entrar na lista. Porque embora seja depressiva de fato, quando se escuta fora de contexto não parece tão pesada. A letra deve ser considerada mas sem ignorar a melodia e vice versa. Outra coisa importante é que devemos colocar a versão mais depressiva e não o nome do autor original. Por exemplo, Hurt entra na minha lista com o  Johnny Cash e não como o NIN.  Segue uma lista gigante preliminar para inspirar.

The River -Bruce Springsteen

Nothing Compares 2 U - Sinead O'Connor

No Surprises - Radiohead

A Change Is Gonna Come - Sam Cooke

Space Oddity - David Bowie

That's the Way I've Always Heard It Should Be - Carly Simon

Lost Cause - Beck

I've Gotta Get a Message to You - Bee Gees

Back to Black - Amy Winehouse

Shilo - Neil Diamon

My Mom - Chocolate Genius

Anyone Who Had a Heart - Dionne Warwick

Naked as We Came - Iron & Wine

In the Wee Small Hours of the Morning - Frank Sinatra

Brick - Ben Folds Five

In the Real World - Roy Orbison

Concrete Angel - Martina McBride

Dance With My Father - Luther Vandross

Hallelujah - Jeff Buckley

He Stopped Loving Her Today - George Jones

I Know It's Over - The Smiths

Hurt - Johnny Cash

Eleanor Rigby - The Beatles

Gloomy Sunday - Billie Holiday

Chicken Wire - Pernice Brothers

Free as a Bird - The Beatles

See You Soon - Coldplay

Black Balloon - Goo Goo Dolls

Now and Forever -  Carole King

1916 - Motorhead

Luka - Suzanne Vega

The Biggest Lie - Elliot Smith

The Freshman - Verve Pipe

Black - Pearl Jam

I Will Follow You Into the Dark - Death Cab for Cutie

Today has been Okay - Emiliana Torrini

Both Sides Now - Joni Mitchell

I’ll Cover You - RENT

Adagio for Strings - Samuel Barber

Whiskey Lullaby - Brad Paisley ft. Allison Kraus

Pink Moon - Nick Drake

One Moment More - Mindy Smith

Elizabeth on the Bathroom Floor - Eels

Brick - Ben Folds Five

Tears in Heaven - Eric Clapton

Losing Sleep - Richard Swift

Don't Leave the Light on Baby - Belle and Sebastian  

Ruin My Day - Jon Brion

Our House - Phantom Planet

I'll Be Your Man - The Elected

What me Worry? - St. Vincent

 Fala  - Secos & Molhados

Until Tomorrow Then  -Ed Harcourt
Eyes on the Prize - M. Ward
 I'd Like to Walk Around in Your Mind - Vashti Bunyan

Good Bait - Nina Simone

Moonlight sonata - Beethoven
Nobody Home - Pink Floyd

O mundo é um moinho - Cartola

 

 

Forums: 
Foto de Leão da Barra

George Lucas Strikes Back!

Vocês viram isso aqui?

http://www.youtube.com/watch?v=z7d1IHlnWQM

Pior é que a premissa é legal. O verdadeiro George Lucas passou anos preso, enquanto um impostor destruía seus filmes com sequências e prequelas medíocres. Mas o mais interessante mesmo é ver as referências que os caras colocaram nesse trailer (até Oldboy rola!).

Na boa, eu assistiria esse filme.

[edit: mudaram as regras para postar vídeo?]

Forums: 
Foto de quase nada

Transformers 3 - review da atriz substituta da Megan Fox (e do filme)

Antes do filme estrear vou analisar a atriz (pois atriz vc não precisa ver a performance pra saber se ela presta ou não)

Eu tava no dentista e comecei a folhear uma dessas revistas femininas lésbicas (esqueci qual, mas era tipo a Contigo, Caras, Marie Claire e etc). Adoro as matérias de perder peso pois sempre botam uma gostosa de calcinha mordendo um morango ou uma folha de alfafa. As matérias são muito chatas (pior que tópico do guybruxe), mas todas as fotos, até as das propagandas são boas pra acalmar o pinto e emancebar os ovos. Enfim, de repente tinha uma matéria com essa mina que trocou de lugar com a Megan F, a tal Rosie Huntington-Whiteley.

Bonita, magra, alta, capô pequeno e bunda seca (mas das que não machucam, pq tem umas bundas magras por ai que vc sente o osso).  

No trailer ela parecia normal, rosto meio masculinizado, traços aberrados, cara de modelo e etc, mas depois de ver as fotos da rabiola dela nessa revista... Está aprovada, não preciso nem ver atuando (dizem que ela tem sotaque de inglesa, tudo bem, desde que não seja sotaque de mineira ta valendo).

Se eu fosse comprar uma mulher acho que o custo benefício dela seria melhor que o da Megan Fox, não apenas pra usar, mas tb pra revender. A Megan tem o rosto mais bonito, mas já ta rodada, tem tatuagem de noiada (típica tatuagem da garota perdida que sai loka de noite e faz qualquer coisa sem pensar no futuro) e, provavelmente, não agradaria nossa mãe. Garanto que ela é daquelas já "experientes desde a quarta série", que já fez de tudo nessa vida e tem o buraco meio oco, sacam o que eu to falando? hahah... Buracos ocos são os piores.

Bunda seca? Não. Bunda pequena (bastante propícia pra fazer mexiriquinha).

Ótimo peso, capô de fusca estético. Vamos torcer pra que tenha cena de bikini no filme.

Agora uma meka foto pra analisar de perto o mini capô (percebam que toda modelo da Victorias Secrets é boa até doer no pinto). Tenho certeza absoluta que o michael Bay comeu (eu comeria).

Único defeito... Ela já é meio maconheira (dizem que essas modelos fumam crack pra não engordar).

Nota: 9,3

Forums: 
Foto de Ray J

Sério, vou comprar um celular da Vivo.

Parabéns a Vivo e a O2 por essa obra prima aí em cima. Sem mais.

Forums: 
Foto de Pringles

E3 2011 e o Wii U ( o novo console da Nintendo )

Foi anunciado o novo console da nintendo que vai suceder o Wii. O controle é um tablet e pode ser jogado na TV ou na tela dele mesmo.

Controle do novo viodeogame da Nintendo tem tela sens?vel ao toque

Como diziam rumores, tem mais poder que PS3 e X360, HDMI e etc.

 

 

 

 

Forums: 
Foto de Ray J

Rage - O jogo do ano vem aí?

John Carnack sempre foi um formador de opinião no mundo dos games. Mesmo com alguns pequenos tropeços, ele sempre empurra a tecnologia um passo adiante quando lança um novo jogo. E as cartas públicas que ele pública de tempos em tempos sempre chamam a atenção de todos. Em resumo, Carnack hoje faz parte do seleto grupo de jogos cuja assinatura tem tanto valor quanto o jogo.

Faço essa apresentação para divulgar abaixo o novo trailer de Rage, novo jogo da ID Software que promete inovações como uma tecnologia que movimenta os lábios e as expressões faciais em sincronismo com as falas dos personagens e uma engine que vem para bater de frente, e talve superar, Cry Engine e Unreal Engine.

Enfim, o trailer:

http://www.youtube.com/watch?v=QYAJuw7ICfs

Forums: 
Foto de quase nada

Guerra Mundial Z

 

O Marc Forster vai dirigir uma adaptação dos excelentes Zombie Survival Guide e World War Z. Eu levei esse livro numa viagem e a capa da edição estrangeira era uma peixeira com uma metralhadora, ai a mocinha do embarque perguntou do que o livro se tratava, provavelmente com medo de que fosse um guia de terrorismo.

Forums: 

Quem deveria ser o novo gerente em "The Office"?

Fred Henry (Will Arnett)
0% (0 votos)
Robert California (James Spader)
15% (2 votos)
David Brent (Ricky Gervais)
15% (2 votos)
Nellie Bertram (Catherine Tate)
0% (0 votos)
Merv Bronte (Ray Romano)
0% (0 votos)
Warren Buffett (Warren Buffett)
0% (0 votos)
Cara de Finger Lakes (Jim Carrey)
31% (4 votos)
Deangelo Vickers (Will Ferrel)
15% (2 votos)
Daryl Philbin (Craig Robinson)
0% (0 votos)
Andy Bernard (Ed Harris)
8% (1 voto)
Dwight Schrute (Rainn Wilson)
15% (2 votos)
Creed Bratton (Creed Bratton)
0% (0 votos)
Total de votos: 13
Foto de Dré

E começa a temporada de blockbusters 2011!

Amanhã estreia Thor, a primeira das grandes apostas dos estúdios pra esse ano. E como todos os filmes dessa temporada de blockbusters já estão com datas de lançamento confirmadas no Brasil ( são as que estão aí embaixo ), segue um guiazinho pra gente não perder nenhum. Os filmes com link no título são os que já estão sendo discutidos aqui no Joio.


Thor, 29 de abril

Thor

Vosso Deus do Trovão abre-vos a temporada, preparando teu terreno cósmico para o filmete dos intrépidos Vingadores, que nos promete angariar os maiores déspotas dos quadrinetes da Marvel no ano vindouro. Só espero que os diálogos sejam melhor que isso. Seria legal também se a Natalie Portman baixasse o Cisne Negro e desse um pau no Thor. Falando em terceira pessoa define.

Velozes e Furiosos 5, 6 de maio

Velozes e Furiosos 5
Carros tunados, mulheres bombadas e o Schwarzenegger de quinta do Vin Diesel ao som do mais potente pancadão carioca na sala de cinema. Assista sob sua conta e risco. Filme de tiozão define.

O Padre, 13 de maio

Padre
Pelo visto, a ficção religiosa Legião rendeu uns trocados, porque agora estão fazendo quase que uma continuação espiritual, neste filme onde o Paul Bettany é um padre num futuro apocalíptico que tem que resgatar uma sobrinha sequestrada por vampiros. Assassins Creed define.

Piratas do Caribe 4: Navegando em Águas Misteriosas, 20 de maio

Devia ter usado o poster com Penelope Cruz
Jack Sparrow. Penelope Cruz. Barba Negra. Sereias. Navios piratas. Batalhas em alto mar. Quer mais o quê? Jack Sparrow define.

X-Men: Primeira Classe, 3 de junho

X-Men First Class
Sabe-se lá o que deu na cabeça dos executivos da Fox pra reiniciar a franquia mutante com um bando de atores quase desconhecidos contando a origem dos X-Men nos anos 60. Como o Bryan Singer está semi-envolvido e até os fanboys estão com pé atrás, pode ser interessante. Barbarella mutante define.

Kung Fu Panda 2, 10 de junho

Kung Fu Panda 2
O primeiro foi tão legal que enterrou a carreira de ator do Jack Black, impecavelmente escondido atrás da imagem do Po. Como uma boa continuação, a ameaça parece maior, os Cinco Furiosos aparecem mais e o Jack Black continua só na dublagem. Todas Chuck Norris chora define.

 

A Árvore da Vida, 24 de junho

Tree of Life
Brad Pitt e Sean Penn estrelam este drama que foca uma relação entre pai e filho ao longo da existência humana, desde o Big Bang até o fim dos tempos, em uma fabulosa viagem pela história da vida e seus mistérios, que culmina na busca pelo amor altruísta e o perdão. Depressão define.

Carros 2, 24 de junho

Carros 2
Se a Pixar já precisou fazer alguma sequência, com certeza não era de Carros. Mas vai ver o estúdio está tentando apagar esta mancha do currículo, já que vai mudar o foco da história das corridas de stock-cars pra uma investigação sobre sumiço de carros famosos. Enfim, como Toy Story 3 foi uma PUTA continuação, a gente dá uma chance. Primo pobre da Pixar define.

Transformers 3, 1º de julho

Transformistas 3
Desde o segundo, deixou de ser filme e virou desculpa pra vender brinquedos. Mas vamos torcer pra que os Autobots e os Decepticons explodam uns aos outros e o Shia LaBeowulf morra junto – mas de verdade, porque aí não rola nem o Indiana Jones 5. MacLanche Feliz define.

Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2, 15 de julho

Harry Potter
Se a ideia era centralizar tudo que é emo e chato na parte 1, deu certo. Por isso, dizem que a ação, os efeitos, as piadas e tudo quanto é expecto patronum ficou pra esta segunda parte, que vai encerrar a saga do magicuzinho nas telonas. Isso até fazerem o spin-off do Dobby, claro. Ingresso de cinema é mais barato que livro define.

Capitão América, 29 de julho

Capitão América
Não vamos entrar de novo no mérito do patriotismo. Até porque ver um filme do Capitão Brazil, estrelado pelo Thiago Lacerda, seria bem pior. O diretor Joe Johnston fez um bom trabalho no Lobisomem do ano passado, os rapazes vão curtir o visual nazi from hell do Caveira Vermelha e as minas vão ver o Chris Evans, então tá beleza. Woodstock anabolizado define.

Contra o Tempo, 29 de julho

Donnie Darko Bolha
Jake Gyllenhall, o Donnie Darko de Brokeback Mountain da Pérsia, é um soldado que consegue entrar no corpo de pessoas mortas para reviver seus últimos 8 minutos de vida e fazer sei lá o quê com isso. O conceito é interessante e o diretor é Duncan Jones, filho do David Bowie e diretor do ótimo Lunar. Superei Ennis Del Mar define.

 

Os Smurfs, 05 de agosto

Smurfs
Eu acho que esse filme vai ganhar o mesmo prêmio que A Origem levou ano passado: a melhor coisa pra se ver bêbado ou drogado no cinema. Mas uma coisa não dá pra negar: o Hank Azaria ficou perfeito como Gargamel. Prevejo a mulherada fantasiada de Smurfette pros maridos e nas micaretas de vida. Nave da Xuxa define.

 

Super 8, 12 de agosto

Super 8
Spielberg e JJ Abrams se unem pra contar a história de seis garotos que testemunham a colisão de um trem com uma camionete e a fuga de algo extraterrestre de dentro das ferragens. Só por ser uma rara não-continuação ou não-franquia neste ano, vale a pena. Câmeras tremendo define.

Cowboys & Aliens, 12 de agosto

Cowboys, Aliens, Nazistas, Ninjas e Piratas
Este aqui, em compensação, tem muita gente botando fé. Harrison Ford e Daniel Craig são pistoleiros que lideram um grupo de caubóis e índios para combater uma invasão alienígena. Pelas imagens e trailers, o diretor Jon Favreau parece tão inspirado quanto esteve no primeiro Homem de Ferro. Mash up locão de gêneros define.

Lanterna Verde, 19 de agosto

Lanterna Verde
Todo mundo tava com pé atrás sobre o filme do herói esmeralda da DC Comics, inclusive o estúdio. Mas com os últimos trailers, a coisa ficou mais interessante. Os efeitos parecem muito bons, ainda que mostrem detalhes demais o corpo do Ryan Reynolds. E aguardem muitas piadinhas sobre o anel, a la Frodo. Não dá pra viver só de Batman define.

Conan, O Bárbaro, 16 de setembro

Conan
Outro que todos tão pouco se lixando. Aliás, o filme já está pronto há alguns meses e o estúdio está segurando sabe-se lá por que... e isso não é um bom sinal. Talvez estejam esperando uma exposição maior do estreante Jason Momoa ( o Conan ) na série Game of Thrones da HBO, enquanto boatos dizem que o Conan original, El Schwarza, poderia fazer uma pontinha. Mas se não tiver violência desenfreada, muitos membros decepados e um belo harém de beldades pra compensar o fortão seminu o filme inteiro, vai fazer feio. I am sparta define.

A Hora do Espanto, 30 de setembro
FrightNight2011Poster.jpg

Se Os Smurfs e Conan não matarem sua saudade dos trash 80s, este remake do filme de vampiros mais legal da Sessão da Tarde pode ser a salvação. Anton Yelchin ( o russo do recente Star Trek ) é o rapaz cuja mãe ( Toni Collette ) está enfeitiçada por seu vizinho vampiro ( Colin Farrel ) e pede a ajuda de um apresentador de tevê pra derrotar o potencial padrasto sanguessuga. Tem ainda o McLovin como o amigo que vira lobisomem. Ou seja: o elenco garante. Remake joinha define.

Planeta dos Macacos - A Origem, 5 de agosto

Planeta dos Macacos
Ninguém sabe direito se é uma continuação, um remake ou um reboot da série, ou tudo isso ao mesmo tempo. Enfim: um cientista genético cria César, um supermacaco inteligente e falante para ajudar a combater o Mal de Alzheimer. Mas César é traído pelos humanos que tentava emular, solta a macaca e causa uma guerra entre símios e homens. Naquelas: se o James Franco ( o cientista ) fizer uma atuação tão boa quanto aquela no Oscar, já vai valer a pipoca. Clássico da Trollnet define.

Forums: 
Foto de Livia

Pra quem gost de lars von trier

Os comentárioa disso AQUI estão extremamente divertidos

de quebra tem o trailer do filme catastrofe dele

Forums: 
Foto de agraciotti

Crysis 2 (ou "como piorar um clássico")

 

4 anos depois de arrebatar os olhos e as placas de vídeo dos gamers mais hardcore, “Crysis” volta numa sequência que busca mais abrangência de hardware e público, agora também lançado para Xbox e PS3, além do PC.

Como os fãs do original suspeitavam, a continuação sofre as consequências da portabilidade para os consoles. A Crytek fez um grande trabalho em otimizar sua tecnologia deixando o jogo ainda muito bonito e realista sem perda no desempenho – poucos títulos dos consoles se equiparam aos gráficos de “Crysis 2” (com exceção de “Uncharted 2,” que continua, e provavelmente continuará dentre esta geração de consoles, imbatível) – ,  mas é inevitável notar como as texturas e a atmosfera ainda são inferiores ao primeiro jogo.

O design das fases também se tornou bem mais simples e linear, mais parecendo arenas multiplayer do que cenários grandiosos que permitem uma livre movimentação (a escolha tática para entrar em combate, por exemplo, vem não pelo uso do terreno disponível como no primeiro jogo, que você podia dar a volta no mapa inteiro e abordar o inimigo por trás se quisesse, mas agora vem sempre de uma visão de um lugar alto e você apenas decide, basicamente, se quer saltar descendo o pau ou atirando de longe em modo stealth) e não deixa de ser frustrante ver como a liberdade de interação com o ambiente do original se tornou bem mais limitada: as árvores não mais quebram ou reagem a tiros e explosões; apenas determinados objetos do cenário são destrutivos e há personagens pelo caminho que sequer sofrem com um soco ou um tiro.

(Cloverfield perde)

Se a física e o visual, ainda que com perdas, correspondem à excelência técnica que se espera da Crytek (a riqueza e a atenção aos detalhes impressionam, como a inédita água que realmente faz ondas quando você se move nela), os constantes bugs são irritantes: itens podem aparecer flutuando do chão, algumas texturas podem não renderizar direito e inimigos ficam rodando em círculos (a I.A. do jogo em geral é bem problemática, inclusive). Para piorar, a narrativa se tornou bem menos consistente e envolvente, nem de longe lembrando a experiência emocionante do original. A história progride de forma monocórdica e sem muito esforço emotivo, e ainda que o jogo guarde alguns twists (uns previsíveis, outros nem tanto) jamais envolve como o primeiro “Crysis”, que assim como títulos como “Bioshock” e o próprio “Uncharted 2”, sabiam integrar a ação à narrativa de forma invejável, subvertendo o conceito de cutscenes, diluindo-as na própria jogabilidade e tornando a progressão na história muito mais intensa e emocionante.

Por mais que haja de fato em “Crysis 2” alguns momentos de estupefação, eles são apenas visuais e funcionam mais como breves interlúdios. O chão que desaba aos seus pés e os prédios que caem nos arredores são visualmente impressionantes, mas inofensivos. São momentos que vêm apenas para serem admirados (tanto que há um botão somente para olhar o que acontece), e consequentemente, você nunca se sente parte de verdade da catástrofe ao seu redor. Há um senso de passividade diante da tragédia que nos afasta do verdadeiro impacto que a história e toda a atmosfera de destruição, tão impecavelmente produzida, poderia ter. Nenhum dos momentos mais intensos de “Crysis 2” chegam perto do poder emocional dos momentos inesquecíveis do “Crysis” original, como quando entrávamos na nave alienígena (um clímax que vinha ainda na metade do jogo) ou quando, após uma surpreendente virada na história, a ilha onde você estava aparece congelada, com uma nuvem de alienígenas no céu (sem contar os assustadores e gigantescos chefes de fase que apareciam em momentos catárticos). O senso de catástrofe se intensificava cada vez mais e a tensão progredia de forma irresistível. Em “Crysis 2" sequer há um grande chefão para tornar alguma batalha realmente memorável (o que está acontecendo com os desenvolvedores dos games de ação hein? Esse tipo de jogo PRECISA de chefes).

(Chefes finais de "Crysis 1" e "Crysis Warhead". E o de "Crysis 2"....)

Foi justamente a perda desse senso de “descoberta gradual” e de uma narrativa coesa e surpreendente (e também a falta de conflitos épicos que quebrem a monotonia do tiroteio) que matou a experiência de “Dead Space 2” para mim. Nesse sentido, “Crysis 2” não é tão prejudicado quanto àquele, já que as novas dinâmicas de jogabilidade – com diversos upgrades e novos movimentos – aliados ao sempre estratégico uso dos poderes do nanosuit jamais deixam de ser uma experiência sempre evolutiva e divertida. Porém, esta continuação sofre muito com a linearidade geral da ação, que inevitavelmente acaba deixando tudo genérico demais.

A escolha de ambientalizar em Nova Iorque, por exemplo, ainda que tão bem feita, provavelmente da forma mais fiel e impressionante já feita num game, acaba tendo o efeito contrário: nos sentimos num lugar meramente ordinário, já tantas vezes visitado em outros games, tirando qualquer sensação de ineditismo ou de fascínio que a insólita ilha original oferecia. E, pior, com inimigos pouco instigantes. No primeiro jogo, ainda que de design nada original (pareciam cópias exatas das sentinelas de Matrix), os aliens voavam e tinha movimentos imprevisíveis, tornando o combate muito mais tenso e difícil. Os aliens humanóides da sequência são pouco criativos e a pouca variedade faz com que se tornem facilmente repetitivos.

(Basicamente os únicos inimigos que você enfrenta durante 10 horas)

Acaba sendo curioso, portanto, como o jogo sabota a si mesmo ao prometer alguma variedade de ação e nunca cumprir: Duas ou três fases terminam com você entrando num tanque ou jeep e preparando-se para atirar loucamente em tudo que se mova, mas – uma interrupção repentina e um loading depois – a fase seguinte, incompreensivelmente, começa com você a pé de novo. O mal aproveitamento dos veículos, inclusive (há pouquíssimos momentos em que podemos usufruir deles, mas que não permitem muita movimentação e terminam em poucos minutos), se mostra uma decadência da própria proposta da série: O uso de veículos era parte essencial da estratégia de ação no “Crysis” original e mais ainda no “Warhead”.

Contribui ainda mais para a falta de variedade a carência de clímax. Quando você finalmente entra em uma estrutura alienígena e acha que algo realmente grandioso vai enfim acontecer, uma cutscene interrompe a ação e segundos depois você já está de volta ao solo fazendo a mesma coisa que já vinha fazendo nas últimas horas. Nem mesmo a sequência final – mais uma vez, ainda que visualmente impressionante – exige algo diferente do que já foi feito em diversos outros momentos do jogo, o que não deixa de ser extremamente frustrante.

(Continua bonito. Mas as árvores não caem dessa vez...)

Ainda que eu praticamente só tenha apontado defeitos aqui, não tenha dúvidas: o singular uso do nanosuit e o intenso combate aliado aos ótimos gráficos fazem com que “Crysis 2” seja um dos melhores FPS disponíveis para esta geração de consoles, trazendo algo de raro e único numa época em que quase todos os FPS’ parecem se inspirar na jogabilidade limitada e repetitiva da série “Call of Duty”, o que não deixa de ser um grande triunfo. Uma pena que, para atingir uma variedade maior de público e hardware, a Crytek tenha sacrificado o que tornava seu “Crysis” original tão marcante: a ambição. Com uma campanha bem mais modesta, “Crysis 2” perdeu em praticamente tudo em comparação ao original (e também para a extensão “Warhead”): na escala, na grandiosidade, na narrativa, no envolvimento, na variedade da ação, etc.

Certamente aqueles que nunca quiseram investir numa placa de vídeo poderosa para o PC ficarão embasbacados e entretidos o suficiente com “Crysis 2” em seus consoles. Com esta continuação, terão um dos melhores FPS lançados recentemente. Uma pena que, perdendo o original, deixarão de experimentar um dos melhores de toda uma geração.

Forums: 
Foto de Ray J

Rio - Novo do Carlos Saldanha

Pensei que já tinha visto algo por aqui, mas não achei. O primeiro vídeo mostra a abertura do filme, e é de encher os olhos. O segundo detalha a trama, que conta a história de uma Arara Azul americana que vem pro Brasil (Com S), err...., procriar, e acaba sendo vítima de traficantes de animais silvestres.

Tem samba, carnaval, aves coloridas, macaquinhos mafiosos usando celulares com android e por aí vai. E nem me venham encher o saco falando dos clichês e estereótipos do trailer. O resultado parece bem legal.

Forums: 
Foto de Guybrush Threepwood

Disco novo do Radiohead sai dia 19 de Fevereiro

Tipo... what?!?

A banda nos supreende mais uma vez, e anuncia que o novo disco deles vai sair daqui há cinco disco... o título é "The King of Limbs", já está em pré-venda no site http://www.thekingoflimbs.com/ e ainda não tem tracking list divulgada. Duas versões estão disponíveis, uma de US$ 48,00 a US$ 53,00 com as tranqueiras aí embaixo (que eu nem me arrisco a comprar, pois lembro do trauma que o Bennett teve com a edição especial do In Rainbows), e uma só com o download digital (que vai de US$ 9,00 a US$ 14,00 e que eu já garanti).

Conteúdo do "Newspaper album":

  • Two clear 10? vinyl records in a purpose-built record sleeve.
  • A compact disc.
  • Many large sheets of artwork, 625 tiny pieces of artwork and a full-colour piece of oxo-degradeable plastic to hold it all together.
  • The Newspaper Album comes with a digital download that is compatible with all good digital media players.
  • The Newspaper Album will be shipped on Monday 9th May 2011 you can, however, enjoy the download on Saturday 19th February 2011.
  • Shipping is included in the prices shown.
  • One lucky owner of the digital version of The King Of Limbs, purchased from this website, will receive a signed 2 track 12? vinyl.

 

Forums: 
Foto de quase nada

Oscar 2011 - O tópico mais bonito do Brasil.

Melhor Filme

Cisne Negro
Bravura Indômita
A Rede Social
Toy Story 3
A Origem
O Discurso do Rei
O Vencedor
127 Horas
Minhas Mães e Meu Pai
Inverno da Alma

.
Melhor Direção

Darren Aronofsky – Cisne Negro
David Fincher – A Rede Social
David O. Russell – O Vencedor
Tom Hooper – O Discurso do Rei
Joel Coen e Ethan Coen – Bravura Indômita

.
Melhor Ator

Javier Bardem – Biutiful
Jeff Bridges – Bravura Indômita
Colin Firth – O Discurso do Rei
James Franco – 127 Horas
Jesse Eisenberg – A Rede Social

.
Melhor Atriz

Annette Bening – Minhas Mães e Meu Pai
Natalie Portman – Cisne Negro
Nicole Kidman – Reencontrando a Felicidade
Jennifer Lawrence – Inverno da Alma
Michelle Wiliams – Blue Valentine

.
Melhor Ator Coadjuvante

Geoffrey Rush – O Discurso do Rei
Christian Bale – O Vencedor
Jeremy Renner – Atração Perigosa
John Hawkes – Inverno da Alma
Mark Ruffalo – Minhas Mães e Meu Pai

.
Melhor Atriz Coadjuvante

Melissa Leo – O Vencedor
Amy Adams – O Vencedor
Helena Bonham Carter – O Discurso do Rei
Hailee Steinfeld – Bravura Indômita
Jacki Weaver – Reino Animal

.
Melhor Animação

Toy Story 3
Como Treinar o Seu Dragão
O Mágico

.
Melhor Roteiro Original

Cisne Negro
A Origem
Another Year
O Vencedor
O Discurso do Rei

.
Melhor Roteiro Adaptado

127 Horas
Bravura Indômita
A Rede Social
Toy Story 3
Inverno da Alma

.
Melhor Filme Estrangeiro

Foras-da-Lei (Argélia)
Incendies (Canadá)
Em Um Mundo Melhor (Dinamarca)
Dente Canino (Grécia)
Biutiful (México)

.
Melhor Documentário

Lixo Extraordinário
Trabalho Interno
Exit Through the Gift Shop
Gasland
Restrepo

.
Melhor Trilha Sonora

Hans Zimmer – A Origem
Trent Reznor e Atticus Ross – A Rede Social
Alexandre Desplat – O Discurso do Rei
John Powell – Como Treinar o seu Dragão
A.R. Rahman – 127 Horas

.
Melhor Canção Original

Coming Home – Country H3
I See the Light – Enrolados
If I Rise – 127 Horas
We Belong Together – Toy Story 3

.
Melhor Edição

127 Horas
Cisne Negro
A Rede Social
O Discurso do Rei
O Vencedor

.
Melhor Fotografia

A Origem
Cisne Negro
A Rede Social
O Discurso do Rei
Bravura Indômita

.
Melhor Figurino

O Discurso do Rei
Bravura Indômita
Alice no País das Maravilhas
Eu Sou o Amor
A Tempestade

.
Melhor Direção de Arte

Alice no País das Maravilhas
A Origem
O Discurso do Rei
Bravura Indômita
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I

.
Melhor Mixagem de Som

Salt
A Origem
O Discurso do Rei
Bravura Indômita
A Rede Social

.
Melhor Edição de Som

Toy Story 3
Tron – O Legado
A Origem
Bravura Indômita
Incontrolável

.
Melhor Maquiagem

O Lobisomem
Caminho da Liberdade
A Minha Versão do Amor

.
Melhores Efeitos Visuais

Além da Vida
A Origem
Homem de Ferro 2
Alice no País das Maravilhas
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I

.
Melhor Curta-Metragem

The Confession
The Crush
God of Love
Na Wewe
Wish 143

.
Melhor Documentário em Curta-Metragem

Poster Girl
Strangers no More
Killing in the Name
Sun Come Up
The Warriors of Qiugang

.
Melhor Curta-Metragem de Animação

Day & Night
Let’s Pollute
The Lost Thing
The Gruffalo
Madagascar, Carnet de Voyage

 

Quantidade de nomeações:

 

"O Discurso do Rei": 12 nomeações

"Bravura Indômita": 10

"A Origem": 8

"A Rede Social": 8

"O Vencedor": 7

"127 Horas": 6

"Cisne Negro": 5

"Toy Story 3": 5

"Minhas Mães e Meu Pai": 4

"Inverno da Alma": 4

"Alice no País das Maravilhas": 3

"Biutiful": 2

"Harry Potter e as Relíquias da Morte": 2

"Como Treinar o Seu Dragão": 2

 

Forums: 
Foto de Dré

Globo de Ouro 2010 - Indicados e Vencedores

 

Sairam agora a pouco:

1.    FILME – DRAMA
a.    CISNE NEGRO
b.    O VENCEDOR
c.    A ORIGEM
d.    O DISCURSO DO REI
e.    A REDE SOCIAL

2.    ATRIZ – DRAMA
a.    HALLE BERRY- FRANKIE AND ALICE
b.    NICOLE KIDMAN - RABBIT HOLE
c.    JENNIFER LAWRENCE - WINTER’S BONE
d.    NATALIE PORTMAN - CISNE NEGRO
e.    MICHELLE WILLIAMS - BLUE VALENTINE

3.    ATOR – DRAMA
a.    JESSE EISENBERG - A REDE SOCIAL
b.    COLIN FIRTH - O DISCURSO DO REI
c.    JAMES FRANCO - 127 HORAS
d.    RYAN GOSLING - BLUE VALENTINE
e.    MARK WAHLBERG - O VENCEDOR

4.    FILME – COMÉDIA OU MUSICAL
a.    ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS
b.    BURLESQUE
c.    MINHAS MÃES E MEU PAI
d.    RED - APOSENTADOS E PERIGOSOS
e.    O TURISTA

5.    MELHOR ATRIZ – COMEDIA OU MUSICAL
a.    ANNETTE BENING - MINHAS MÃES E MEU PAI
b.    ANNE HATHAWAY - O AMOR E OUTRAS DROGAS
c.    ANGELINA JOLIE - O TURISTA
d.    JULIANNE MOORE - MINHAS MÃES E MEU PAI
e.    EMMA STONE - EASY A

6.    ATOR – COMÉDIA OU MUSICAL
a.    JOHNNY DEPP - ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS
b.    JOHNNY DEPP O TURISTA
c.    PAUL GIAMATTI - BARNEY’S VERSION
d.    JAKE GYLLENHAAL - O AMOR E OUTRAS DROGAS
e.    KEVIN SPACEY - CASINO JACK

7.    ANIMAÇÃO
a.    MEU MALVADO FAVORITO
b.    COMO TREINAR SEU DRAGÃO
c.    O MÁGICO
d.    ENROLADOS
e.    TOY STORY 3

8.    FILME ESTRANGEIRO
a.    BIUTIFUL (MÉXICO/ESPANHA)
b.    THE CONCERT (FRANÇA)
c.    THE EDGE (RÚSSIA)
d.    I AM LOVE (ITÁLIA)
e.    IN A BETTER WORLD (DINAMARCA)

9.    ATRIZ COADJUVANTE - FILME
a.    AMY ADAMS - O VENCEDOR
b.    HELENA BONHAM CARTER - O DISCURSO DO REI
c.    MILA KUNIS - CISNE NEGRO
d.    MELISSA LEO - O VENCEDOR
e.    JACKI WEAVER - ANIMAL KINGDOM

10.   ATOR COADJUVANTE - FILME
a.    CHRISTIAN BALE - O VENCEDOR
b.    MICHAEL DOUGLAS - WALL STREET: O DINHEIRO NUNCA DORME
c.    ANDREW GARFIELD - A REDE SOCIAL
d.    JEREMY RENNER - ATRAÇÃO PERIGOSA
e.    GEOFFREY RUSH - O DISCURSO DO REI

11.   DIRETOR – FILME
a.    DARREN ARONOFSKY - CISNE NEGRO
b.    DAVID FINCHER - A REDE SOCIAL
c.    TOM HOOPER - O DISCURSO DO REI
d.    CHRISTOPHER NOLAN - A ORIGEM
e.    DAVID O. RUSSELL - O VENCEDOR

12.   ROTEIRO – FILME
a.    127 HORAS
b.    MINHAS MÃES E MEU PAI
c.    A ORIGEM
d.    O DISCURSO DO REI
e.    A REDE SOCIAL

13.   TRILHA SONORA - FILME
a.    O DISCURSO DO REI
b.    ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS
c.    127 HORAS
d.    A REDE SOCIAL
e.    A ORIGEM

14.   CANÇÃO – FILME
a.    “BOUND TO YOU” — BURLESQUE
b.    “COMING HOME” — COUNTRY STRONG
c.    “I SEE THE LIGHT” — ENROLADOS
d.    “THERE’S A PLACE FOR US” — AS CRÔNICAS DE NÁRINA: A VIAGEM DO PEREGRINO DA ALVORADA
e.    “YOU HAVEN’T SEEN THE LAST OF ME” — BURLESQUE

15.   SÉRIE DE TELEVISÃO – DRAMA
a.    BOARDWALK EMPIRE (HBO)
b.    DEXTER (SHOWTIME)
c.    THE GOOD WIFE (CBS)
d.    MAD MEN (AMC)
e.    THE WALKING DEAD (AMC)

16.   ATRIZ EM SÉRIE DE TELEVISÃO – DRAMA
a.    JULIANNA MARGULIES - THE GOOD WIFE
b.    ELISABETH MOSS - MAD MEN
c.    PIPER PERABO - COVERT AFFAIRS
d.    KATEY SAGAL - SONS OF ANARCHY
e.    KYRA SEDGWICK - THE CLOSER

17.   ATOR EM SÉRIE DE TELEVISÃO – DRAMA
a.    STEVE BUSCEMI - BOARDWALK EMPIRE
b.    BRYAN CRANSTON - BREAKING BAD
c.    MICHAEL C. HALL - DEXTER
d.    JON HAMM - MAD MEN
e.    HUGH LAURIE - HOUSE

18.   SÉRIE DE TELEVISÃO – COMÉDIA OU MUSICAL
a.    30 ROCK (NBC)
b.    THE BIG BANG THEORY (CBS)
c.    THE BIG C (SHOWTIME)
d.    GLEE (FOX)
e.    MODERN FAMILY (ABC)
f.    NURSE JACKIE (SHOWTIME)

19.   ATRIZ EM SÉRIE DE TELEVISÃO – COMÉDIA OU MUSICAL
a.    TONI COLLETTE - UNITED STATES OF TARA
b.    EDIE FALCO - NURSE JACKIE
c.    TINA FEY - 30 ROCK
d.    LAURA LINNEY - THE BIG C
e.    LEA MICHELE - GLEE

20.   ATOR EM SÉRIE DE TELEVISÃO – COMÉDIA OU MUSICAL
a.    ALEC BALDWIN - 30 ROCK
b.    STEVE CARELL - THE OFFICE
c.    THOMAS JANE - HUNG
d.    MATTHEW MORRISON - GLEE
e.    JIM PARSONS - THE BIG BANG THEORY

21.   MINI-SÉRIE OU FILME PARA TELEVISÃO
a.    CARLOS (SUNDANCE CHANNEL)
b.    THE PACIFIC (HBO)
c.    PILLARS OF THE EARTH (STARZ)
d.    TEMPLE GRANDIN (HBO)
e.    YOU DON’T KNOW JACK (HBO)

22.   ATRIZ EM MINI-SÉRIE OU FILME PARA TELEVISÃO
a.    HAYLEY ATWELL - PILLARS OF THE EARTH
b.    CLAIRE DANES - TEMPLE GRANDIN
c.    JUDI DENCH - RETURN TO CRANFORD
d.    ROMOLA GARAI - EMMA
e.    JENNIFER LOVE HEWITT - THE CLIENT LIST

23.   ATOR EM MINI-SÉRIE OU FILME PARA TELEVISÃO
a.    IDRIS ELBA - LUTHER
b.    IAN MCSHANE - PILLARS OF THE EARTH
c.    AL PACINO - YOU DON’T KNOW JACK
d.    DENNIS QUAID - THE SPECIAL RELATIONSHIP
e.    EDGAR RAMIREZ - CARLOS

24.   ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE, MINI-SÉRIE OU FILME PARA TELEVISÃO
a.    HOPE DAVIS - THE SPECIAL RELATIONSHIP
b.    JANE LYNCH - GLEE
c.    KELLY MACDONALD - BOARDWALK EMPIRE
d.    JULIA STILES - DEXTER
e.    SOFIA VERGARA - MODERN FAMILY

25.   ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE, MINI-SÉRIE OU FILME PARA TELEVISÃO
a.    SCOTT CAAN - HAWAII FIVE-O
b.    CHRIS COLFER - GLEE
c.    CHRIS NOTH - THE GOOD WIFE
d.    ERIC STONESTREET - MODERN FAMILY
e.    DAVID STRATHAIRN - TEMPLE GRANDIN

Forums: 
Foto de Livia

Tangled - Enrolados

 

E não é que a disney conseguiu fazer uma de suas melhores animações?

Eu perdi o respeito pela disney lá pelo fim do século passado, quando depois de animações sensacionais, como a bela e a fera, rei leão e afins, ela conseguiu fazer só animações ruins, uma pior que a outra, até que pararam de fazer.

Depois disso eu raramente perco tempo de assistir alguma animação que não seja pixar, pois sei que normalmente é um desenho ruim (tirando shrek). Mas esse começo de ano assisti a duas animações que me fizeram rever os conceitos. A primeira foi meu malvado favorito, que é sensacional demais. A outra foi enrolados.

Primeiro de tudo, é preciso relevar o luciano huck dublando o herói, Se você conseguir conviver com isso, vale muito a pena ir a um cinema e assistir a historia da rapunzel, vista sob uma nova ótica.

A historia é basica, conta sobre uma pricesa que foi sequestrada e mantida toda sua vida presa em uma torre, pois seus cabelos são magicos e fazem a seuqestradora rejuvenescer. Até que um dia um ladrão, fugindo da "policia" decobre a torre e conhece rapunzel. E a partir daí todo mundo ja sabe, vai ter um monte de aventuras, vai ter paixão, vai ter desilusão,e  quando tudo parecer perdido o bem vence e todos vivem felizes para sempre. É basica, mas muito bem amarrada, bem contada, valendo a pena cada minuto.

O visual está sensacional, um dos melhores que ja vi em uma animação, fluido, rico de detalhes, vale a pena assistir nem que seja pra ficar olhando. Inclusive tem uma cena, onde são soltas milhares de lanternas no céu, que ja entra pra galeria das cenas clássicas, como a dança da bela e a fera, ou simba falando com seu pai nas nuvens. É de chorar, de tão linda e emocionante.

Vale muito a pena perder uma hora e meia assistindo isso, por isso não resmunguem e vão todos pro cinema.

Forums: 
Foto de Livia

Unstoppable - Incontrolável

 

Eu tenho uma certa birra do tony scott. Ele normalmente faz filmes bem rasos, as vezes querendo pousar de moderninho, mas sua filmografia é de dar medo. Mas dessa vez ele acertou, e conseguiu fazer o melhor filme de ação de 2010.

A história é bobinha, baseada em fatos reais, é sobre um trem que perde seu maquinista e corre desgovernado pelas cferrovias dos eua, até que dois maquinistas resolvem tentar para-lo para evitar uma catastrofe e tals. Na vida real foi bem menos emocionante, um deles simplesmente parou do lado da estrada de ferro, agarrou um corrimão do trem quando ele passou, subiu e desacelerou, mas, isso não daria um filme legal, consequentemente eles melhoraram a muito a maneira de parar o trem.

A ação começa lá pelos 10 minutos e não para mais, não tem tempo pra respirar nem nada, e esse é o grande trunfo do tony scott, você fica pregado na cadeira e não consegue nem pensar nos absurdos que estão passando ali na tela.

:)

Pra quem gosta de um filme de ação, é simplesmente imperdivel.

Forums: 
Foto de Livia

Buried - Enterrado Vivo

 

Assisti hoje esse filme, fui conferir o hype que estava rolando sobre ele, até propaganda pra votantes do oscar rolou, então aproveitei um dvdrip q saiu e fui conferir.

O filme é tenso, angustiante, claustrofobico, mas não chega a ser o filmaço que a crítica tem falado que é.

A historia é sobre um motorista de caminhão que foi preso por terroristas no iraque, que o enterram vivo com um isqueiro e um celular, e lhe dão algumas horas pra conseguir 5 milhões de dolares de resgate, ou ele morre por falta de ar. São 88 minutos de filme que se passa somente dentro do caixão, sem nenhuma filmagem externa, nada. Isso acaba deixando o filme muito tenso, pois vamos descobrindo a historia conforme ele vai ligando para o governo, a empresa, a familia, tudo em busca de ajuda.

Por ser um filme baseado unicamente na interpretação de um ator, ficou a cargo do ryan reinolds mostrar que sabe sim interpretar, e muito bem, diga-se de passagem. Nota 10 pra ele.

É um filme que vale a pena assistir, só não é genial. Eu daria um 7.8, no máximo

 

Forums: 
Foto de Livia

Morre Leslie Nielsen

Noticia AQUI

 

Não tinha como não dar risada dos filmes dele. Um dos comediantes mais talentosos da história do cinema. Com certeza deixou minha semana mais cinza. Descance em paz Leslie.

Forums: 

Páginas

Subscrever Joio RSS