Foto de Bennett

Oscar 2006

Já estou deixando o tópico aberto, para a discussão ao vivo durante a cerimônio de entrega do Oscar. Qualquer comentário em tempo real sobre a cerimônia deve ser feito aqui, evitando a proliferação de mil tópicos sobre assuntos como "Olha o vestido da Bjí¶rk!", ou "Sandra Bullock está com cara de traveco!!!". Qualquer observação (mesmo nas linhas dos exemplos citados), será feita em um tópico apenas. Assim é mais divertido e conveniente para todo mundo.



Assim que o Oscar começar, promovemos o tópico para a página inicial.

Forums: 
Foto de Bennett

Spore: o novo Sim Tudo de Will Wright

Vi esse ví­deo com o Will Wright demonstrando o jogo novo dele, Spore, e fiquei maravilhado. O conceito é simples: vários jogos de simulação, um por cima do outro. Você começa como uma ameba, num joguinho meio Pac Man, e vai evoluindo. Vira uma criatura mais avançada, e o jogo fica parecido com Diablo. Depois forma uma vila, e o jogo se transforma em Populous. Depois, Sim City. Depois um RTS. Depois, Civilization. Depois, um jogo de colonização de planetas. Depois, um jogo de exploração intergalática. O conteúdo é gerado de forma procedimental, e há interação assí­ncrona com as criaturas, povos, planetas e sistemas planetares desenvolvidos por outros jogadores. Uma coisa de louco.



Sai para PC ainda esse ano. Provavelmente vai ser um jogo que eu vou comprar.

Forums: 
Foto de Bennett

Werner Herzog Come o Próprio Sapato

Quem seria Lars von Trier hoje em dia, sem Werner Herzog? Não que os dois sejam cinematograficamente parecidos. É mais uma questão de von Trier se valer das mesmas estratégias de auto-promoção de Herzog. Esse perfil de diretor contestador excêntrico e malucão, do qual não se pode ter certeza se está falando sério ou mentindo, foi totalmente roubado de Herzog por von Trier.



Em 1980, Herzog fez uma aposta com o então principiante documentarista Errol Morris. Se Morris conseguisse terminar seu primeiro filme, Gates of Heaven, Herzog comeria o próprio sapato. Morris conseguiu, e Herzog cumpriu a promessa.



Você pode conferir tudo isso vendo o documentário Werner Herzog Eats His Shoe, que se encontra hospedado no You Tube. Herzog, neste mesmo documentário, afirma ter se jogado em cima de um cacto, também cumprindo uma promessa. Não dá pra saber se ele está falando sério, mas que ele realmente come o próprio sapato, cozido com alho e outras especiarias, não há dúvidas.

Forums: 
Foto de Blain

Portinari, Di Cavalcanti e Tomie Ohtake em Sampa

Os moradores da cidade de São Paulo tem mais dois meses para ver uma belí­ssima exposição na galera de arte do SESI (Av. Paulista, prédio da Fiesp).

A exposição Odorico Tavares: A minha casa Bahiana apresenta obras do acervo particular dessa figura nordestina, grande amigo de Assis Chateubriand.

A exposição mostra pinturas de Portinari, Di Cavalcanti, Panceti e Tomie Ohtake, além de esculturas do perí­odo barroco.

Para quem passar na região da Paulista, fica a dica. Bom divertimento!

Foto de Bennett

Rivette entende Verhoeven

Já é notí­cia velha, mas só li hoje: Jacques Rivette entende o trabalho de Paul Verhoeven, um dos meus diretores favoritos. Não sei bem quanto a Showgirls (preciso ver de novo), mas quanto a Starship Troopers Rivette acerta na mosca. É um filme espetacular.



---



“I've seen [Starship Troopers] twice and I like it a lot, but I prefer Showgirls (1995), one of the great American films of the last few years. It's Verhoeven's best American film and his most personal. In Starship Troopers, he uses various effects to help everything go down smoothly, but he's totally exposed in Showgirls. It's the American film that's closest to his Dutch work. It has great sincerity, and the script is very honest, guileless. It's so obvious that it was written by Verhoeven himself rather than Mr. Eszterhas, who is nothing. And that actress is amazing! Like every Verhoeven film, it's very unpleasant: it's about surviving in a world populated by assholes, and that's his philosophy. Of all the recent American films that were set in Las Vegas, Showgirls was the only one that was real — take my word for it. I who have never set foot in the place!”




Fonte

Forums: 
Foto de Bennett

Capote

Reproduzindo um post do filme*log:



Eu não esperava muita coisa, mas o filme é bem bacana. Foi uma boa escolha, ao invés de fazer um biofilme que tentasse cobrir a vida inteira do Capote em duas ou três horas, fazer um filme mais curto tendo como base alguns eventos apenas. Boa estratégia narrativa, e o roteiro é a coisa mais forte desse filme. O Phillip Seymour Hoffman causa uma certa estranheza no começo, porque a performance parece caricata demais. Mas o próprio Capote construiu uma persona caricata para si, e Hoffman consegue deixar isso claro ao decorrer do filme. Ele interpreta pelo menos dois Capotes. Em muitos aspectos, é um trabalho cheio de nuances, mas um tanto arriscado. Não sei se a indicação ao Oscar e a vitória do Golden Globe se deu porque o público votante percebeu essas nuances, ou ficou deslumbrado pela caricatura mesmo. Fica pouco claro se o que pesou foi uma imitação perfeita da persona pública do Capote, de trejeitos í  voz [1], ou os esforços significativos do Hoffman em realmente construir uma personagem na tela.



Mas voltando ao roteiro, é muito bom, e atí­pico em biofilmes. É praticamente uma meta-adaptação de A Sangue Frio, e funciona bem. É concentrado, conciso, coeso, eficiente, e no final não fica aquela sensação de esboço que é comum em biofilmes. Capote cobre um perí­odo de quatro anos, e se dedica totalmente ao processo de elaboração de A Sangue Frio. Desse jeito, acaba falando mais alto em relação í  pessoa do Capote, do que um filme que fosse da infância í  morte do escritor. Escolher um evento significativo e procurar detalhá-lo parece ser uma estratégia mais eficiente e interessante para biofilmes, a julgar por Capote. Conta-se uma história completa, além de se fazer um estudo de personagem.



Dentre os indicados ao Oscar, coloco Capote em terceiro lugar:



1. Boa Noite, e Boa Sorte

2. Brokeback Mountain

3. Capote

4. Munique

5. Crash



Desses, acho que só Crash é totalmente desmerecedor de estar na lista, apesar de não ser um filme ruim. Se eu tivesse algum poder de indicar filmes arbitrariamente, colocaria Mysterious Skin, Lord of War e King Kong na lista. Daria o prêmio para King Kong. Mas é uma lista até que razoável, em se tratando do Oscar.



--



[1] Seguindo esse link, você pode ouvir o próprio Capote narrando A Christmas Memory [Realplayer, streaming]. Hoffman acerta direitinho, mas talvez exagere um pouco. Segundo meu amigo Quase Nada, parece um pouco o Cartman. Ele tem razão.

Forums: 
Foto de Charllie

Aronofsky não vai mais dirigir um episódio de Lost (essa temporada)

'Lost': Aronofsky will not direct



Fans of both the hit TV show Lost (which features a guy haunted by a sinister sequence of numbers) and indie filmmaker Darren Aronofsky (whose breakthrough film, Pi, was about a dude obsessed with devilish digits) will have to wait a bit longer to see if these two geek tastes can taste great together. The director has respectfully bowed out of helming one of the current season's remaining episodes due to scheduling conflicts. "The timing didn’t work out," Aronofsky tells us. "I’m expecting a child." (The mom-to-be, of course, is Oscar nominee Rachel Weisz.)



(...) http://popwatch.ew.com/popwatch/2006/03/lost_aronofsky_.html

Forums: 
Foto de Admin

O que temos de novo

Duas coisas importantes

1 - Quicktags: Essa barrinha no editor de texto, com tags html básicas. Apenas o arroz com feijão, pra enriquecer as postagens sem dar muito trabalho

2 - Quote: Agora cada resposta a um comentário pode vir com o comentário original destacado e com formatação diferente.

Foto de Admin

[BUG 5] Mais IE...

De um post do Dré:



"Sempre que posto um comentário, as últimas quatro letras do comentário repetem-se fora do quadro do comentário, ao final da tela antes do botão de "Moderar Comentários" ( usando o IE 6.0 ). Não deu pra fuçar muito mais ainda, povo."

Foto de Bennett

Moderar Comentários...

Estou testando com o Bennett a funcionalidade da categoria Editor.



Coisas que eu notei:



* o botão Moderar Comentários é inócuo, não tem efeito algum, até onde eu sei;



* para moderar qualquer comentários você tem que clicar comentários no menu...se eu não me engano, antes era possí­vel moderar os comentários individualmente, sem precisar conferir a lista toda hora;



* não vi meio de movimentar threads inteiros entre fóruns, algo que seria essencial para o nosso site; EDIT: Agora eu vi.



EDIT: Outra coisa: quebras automáticas não estão funcionando.

Foto de Admin

[BUG 4] Utilizando o IE...

...eu não consigo selecionar textos com o cursor. Via Firefox dá, numa boa.

Foto de Admin

[BUG 3] Exploit de pontuação

Permite a usuários ganhar tantos pontos quanto quiserem a partir do sistema de convites.



Como eu ganho 2 pontos por convite ENVIADO, não importa se a pessoa confirmou ou não para que eu me beneficie. Além disso, se eu deletar o convite, FICO com os pontos que ganhei. Desse modo qualquer um pode ganhar quantos pontos quiser a qualquer hora.

Foto de Admin

[BUG 2] Fotos

Não consegui mandar uma foto para o avatar do Bennett (estou alterando ele via a conta Admin). Erro:

warning: in_array(): Wrong datatype for second argument in /home/joiobr/public_html/modules/taxonomy_access/taxonomy_access.module on line 580.

warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/joiobr/public_html/includes/common

Foto de Admin

[BUG 1] Acentuação

Tanto nos emails de cadastro, como em alguns lugares do site, a acentuação não está dando certo. Como exemplo, basta olhar para a descrição do fórum Esconderijo.

Páginas

Subscrever Joio RSS