O Espetacular Homem Aranha

47 posts / 0 new
Último post
quase nada
Foto de quase nada
O Espetacular Homem Aranha

Esse Homem Aranha deve ser do Ceará, olha o tamanho da cabeça:

1

 

Dré
Foto de Dré

Ainda não entendi porque mexer em time que tá ganhando. O que houve, o Tobey Maguire queria mais dinheiro?

agraciotti
Foto de agraciotti

Dré wrote:

Ainda não entendi porque mexer em time que tá ganhando. O que houve, o Tobey Maguire queria mais dinheiro?

Simplesmente pq ficou velho, não? O cara ficou 10 anos no papel...

Sou a favor de renovar a franquia com equipe toda nova. O problema vai ser aturar a história da origem do herói de novo.... aí não dá.

E reparem na foto em alta, dá pra ver o dispositivo q atira teias no pulso dele, diferente dos outros filmes

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

quase nada
Foto de quase nada

Não importa se ele é cabeçudo no gibi, to nem ai, a cabeça no filme ta grande demais, não discuta comigo pois vc não pode e não deve.

agraciotti
Foto de agraciotti

to meio por fora e com preguiça de procurar no google...quem vai ser o vilão desse novo homem-aranha? o lagarto?

Tomara q tenham aprendido a lição da bosta fedida do terceiro filme e coloquem apenas UM vilão...

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Dré
Foto de Dré

O filme é capa da Entertainment Weekly, com o uniforme mais visível. E confirma que o vilão será o Lagarto ( Rhys Ifans ). Nessas horas o FN faz falta, pra fazer um mini TCC emotivo sobre quem infernos é esse vilão aí.

EDIT: e o Omelete já conseguiu os scans da revista, que mostram até os novos lançadores de teia com detalhes.

quase nada
Foto de quase nada

De onde venho as aranhas lançam a teia pelo CU. 

Dré
Foto de Dré

Saiu o trailer de Mirror's Edg... ops, do "Espetacular" Homem Aranha.

Senti uma vibe Crepúsculo ali, hein?!

Guybrush Threepwood
Foto de Guybrush Threepwood

Dré wrote:

Saiu o trailer de Mirror's Edg...

Caralho, idêntico. I-D-Ê-N-T-I-C-O.

Achei o trailer uma bosta. Idéia trocncha, fazer reboot de uma franquia que acabou não tem nem quatro anos.

agraciotti
Foto de agraciotti

Guybrush Threepwood wrote:

Dré wrote:

Saiu o trailer de Mirror's Edg...

Caralho, idêntico. I-D-Ê-N-T-I-C-O.

Achei o trailer uma bosta. Idéia trocncha, fazer reboot de uma franquia que acabou não tem nem quatro anos.

tb lembrei do MIrrors Edge na hora (E Mirror's Edge ainda é mais bonito do q esse CGI tosco aí hein). E esse trailer....eu achei q o povo do Crepúsculo ia aparecer a qualquer hora.

E na boa...em menos de 10 anos, ver a origem do homem-Aranha DE NOVO??  Acho q o lance é chegar na metade do filme pra tentar ver algo novo.

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

quase nada
Foto de quase nada

É do diretor do 500 Dias com Ela, vcs queiram o que? Vai ser filme de amor, vai rolar emoções, sentimentos e muita introspecção. Qual o sentido de ser um herói? Vale a pena abdicar do amor para salvar a humanidade? Qual o limite entre a paixão, emoção e o dever?

 

 

 

agraciotti
Foto de agraciotti

Aproveitando esse tópico, um vídeo genial:

145 reasons why spiderman 3 sucks

http://youtu.be/LVn9d87TlPU

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

uplan
Foto de uplan

lembrei do rebot do incrivel huck

___________________________________________________________________________

não existe certo ou errado 

so existe o que você faz

prangel
Foto de prangel

Esse aqui?

 

http://caldeiraodohuck.globo.com/

grato.

Dré
Foto de Dré

O trailer novo já saiu, entregando meio que o filme todo e boa parte das sequências de ação. E esse ator é realmente muito estranho.

quase nada
Foto de quase nada

Esse cara parece uma jaguatirica desmamada, ele fala quase chorando. Já a Emma Stone só tem dente e olho. Eles formam um casal estranho, mas pode até funcionar dentro desse contexto "awkward" (tipo esses clipes em preto e branco onde uma garota esquisita encontra um garoto esquisito para fazer esquisitices por ai [comprar vinil, jogar DS, ler poesia, fazer cupcake e etc]).  

Até o vilão está meio afrescalhado, esse tal de Sr. Largato. Dia desses apareceu uma lagartixa albina por aqui, meti uma chinelada e ela perdeu o rabo, quase vomitei. 

 

 

agraciotti
Foto de agraciotti

parece ser mais divertido do que parecia. Mas...ainda tá difícil engolir esse reboot

A Emma Stone tá boniteenha, mas ninguém barra a Bryce Dallas Howard

 

 

 

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Ray J
Foto de Ray J

Eu gostei. Só gosto do primeiro Homem Aranha. O segundo tem sérios problemas de ritmo e o terceiro é uma bela merda. Vamos ver se acertam dessa vez. E sou mais o Andrew Garfield do que o Tobey Maguire.

Saudações
Ray Jackson

quase nada
Foto de quase nada

O Sam Raimi estava desmotivado e cercado (a sony obrigou os roteiristas a colocarem o Venom no último filme). Mas tenho certeza que ele é melhor que um Marc Webb motivado.

agraciotti
Foto de agraciotti

Já eu só gosto mesmo do segundo. Acertou tudo o que o primeiro errou. Mesmo com aquele draminha de identidade clichê todo, foi bem mais envolvente, com melhor vilão, melhores cenas de ação e dramáticas (acho toda a sequência do trem, por exemplo, de longe a melhor da série)

Mas sempre tem algo nos filmes Sam Raimi que me incomoda q não sei bem o que é (o Drag me to Hell eu DETESTO). Nesse sentido, vejo com bons olhos a franquia na mão de outro diretor. 

 

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Dré
Foto de Dré

Prefiro o segundo também, já que o primeiro filme tem aquela merda de vilão do Doente Verde. Mas acho que todos concordam que o terceiro é não apenas o pior, mas um dos filmes de HQ mais ridículos do cinema.

uplan
Foto de uplan

um nerd virgem sem nada pra fazer analizou frame por frame dos ultimos 6 segundos do trailer e encontrou isso \/

null

ele foi checar e achou isso aqui markofspider-man.com

___________________________________________________________________________

não existe certo ou errado 

so existe o que você faz

quase nada
Foto de quase nada

uplan wrote:

um nerd virgem sem nada pra fazer analizou frame por frame dos ultimos 6 segundos do trailer e encontrou isso \/

null

ele foi checar e achou isso aqui markofspider-man.com

Bem tosco esse viral do Homem Aranha, não tem nada nesse filme que mereça esse tipo de campanha. Qual o grande mistério? No final todos sabemos que o Cabeção panca o Sr. Largato, pega a Emma Zoião e pronto, vão chorar por ai.

Nem se compara com o que fizeram no Dark Knight, onde a molecada tinha que andar de noite pelo Parque do Ibirapuera arriscando serem mortos ou pior, estuprados pelo Coringa de Itaquera.

O viral do Rises tb está bacana, o Nolan é meio visionário e o marketing incrustou no Occupy Wall Street.

Tb achei patético chamarem a Emma Stone pro Rio, tipo, precisa ficar na presidencial do Copacana Palace? puffff. Bota ela numa suite single no Sofitel que tá bom até demais. 

 

quase nada
Foto de quase nada

Trailer final, destaque pro zoião da Emma Stone:

Dré
Foto de Dré

Eu não consigo me interessar por esse filme. O ator não convence, o vilão é sem graça, a trama cadê-meu-pai? é ridícula, o diretor é inexperiente demais e ainda não faz muito sentido ( tirando o lado montário, claro ) esse reboot.

Sem contar que já é certo que vai ficar na poeira dos Vingadores e do Batman. Acho que a Sony devia ter esperado um pouco mais pra lançar esse filme.

quase nada
Foto de quase nada

Tem muita cena de voo sem uso de cgi, eles amarraram o cara num treco e ele ficava voando de verdade, isso o Sam Raimi vai ter que chupar. A sony mandou tirar os vídeos do youtube, mas vou ver se acho essa porra.

Dré
Foto de Dré

Os ingressos já estão em pré-venda nos cinemas daqui. Agora e esses 91% de aprovação no Rotten Tomatoes?

Única reclamação de quem viu até agora é que o Aranha aparece pouco.

agraciotti
Foto de agraciotti

Dré wrote:

Os ingressos já estão em pré-venda nos cinemas daqui. Agora e esses 91% de aprovação no Rotten Tomatoes?

Única reclamação de quem viu até agora é que o Aranha aparece pouco.

tá 91% pq são os primeiros reviews. Só tem 11 por enquanto. Eu aposto q quando estreiar vai cair pra uns 53%

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Junior-RO
Foto de Junior-RO

Assisti 25 minutos do filme. Alguém fez um super-preview e caiu na rede. Tem o link no Actions e Comics.

Gostei.

Livia
Foto de Livia

O Érico Borgo assistiu o filme

"Um dos grandes erros de Homem-Aranha 3 foi como as coincidências moveram a trama. Em O Espetacular Homem-Aranha, reboot da franquia, o mesmo acontece. Esqueça Duende Verde, Lagarto ou Venom... O grande inimigo do super-herói, pelo visto, são os roteiristas preguiçosos.

Imagino que a imagem de uma teia de acontecimentos, que liga todos os aspectos do filme não deixando nada ao acaso - ou à personalidade de outros personagens -, seja atraente demais para produtores e estúdio. Mas a verdade é que essas conexões soam muito menos realistas do que um sujeito sendo picado por uma aranha radioativa (que não é mais radioativa, é... nem sei o que ela é mais, desculpe).

O Espetacular Homem-Aranha erra ao manter essa estrutura, reforçada pelo que há de pior nos quadrinhos recentes, cheios de ideias assim, que todo e qualquer vilão do herói está ligado à sua própria existência, e leva essa chatice às últimas consequências. Não apenas a existência do vilão está ligada à do Aranha, mas a do próprio herói está condicionada ao trabalho do seu pai e do vilão (fizeram algo parecido em Ultimate Homem-Aranha e não ficou bom).

Enfim, se o seu negócio não é um roteiro inspirado e bem planejado, com a dose certa de coincidências e eventos inesperados, talvez este Homem-Aranha até se salve. A ação é divertida, obviamente baseada no legado surtado de Todd McFarlane (as poses são ótimas e extraídas das HQs que sacudiram o mercado editorial há duas décadas), com combates legais (e um 3D decente) e o elenco está ótimo, o ponto alto do filme - que usa bem as habilidades em diálogos fofos do diretor Marc Webb.

A caracterização dos personagens (exceto o descaracterizado Lagarto, que deixou de ser uma fera descontrolada) também agrada, com o Peter Parker (Andrew Garfield) atormentado pela sua responsabilidade e extravasando isso ao vestir a máscara do Homem-Aranha, cheio de piadinhas. Além disso, Gwen Stacy (Emma Stone) é a Gwen Stacy que cresci lendo (fora o emprego que arrumaram pra ela que é decepcionante e parte do problema citado lá no começo).

Vá muito bem preparado para o pior, porém, se você até agora não entende o motivo de um reboot recontando a origem - que já está perfeitamente estabelecida na cabeça de todo mundo - e as razões pelas quais os produtores decidiram que, ao invés de seguir com uma história legal de ação, apresentando um vilão novo, acharam que a história dos pais de Peter seria algo digno de um filme. A própria divulgação de O Espetacular Homem-Aranha diz que essa é a "história nunca antes contada" do herói. Talvez o fosse por um bom motivo."

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Junior-RO
Foto de Junior-RO

Livia wrote:

A caracterização dos personagens (exceto o descaracterizado Lagarto, que deixou de ser uma fera descontrolada)

Que gibi que esse cara lia? O Lagarto sempre conseguiu pensar. Já vi estória em que ele tinha até laboratório.

Dré
Foto de Dré

A Ana Maria Bahiana já viu e disse que é um bom filme... do Peter Parker.

E explicado o motivo do reboot: grana, é claro. Saiu mais barato ( à princípio, U$ 20 milhões ) reiniciar a franquia do que chamar de volta a equipe que fez os anteriores.

Junior-RO
Foto de Junior-RO

Chegando do cinema: é melhor que todos os 3 anteriores juntos. Escolha o quesito: atuação, direção, roteiro, efeitos, romance, ação. É tão superior aos antigos que deveriam proibi-los de serem reprisados.

quase nada
Foto de quase nada

Junior é tão fanboy do homem aranha que pegou dois barcos, um avião monomotor e dois cavalos (pq o primeiro morreu após um ataque de jaguatirica) até piraporanga do norte só pra ver a pré estréia de meia noite.

Vou tentar ver sábado, acho que vou gostar pq tenho poucas expectativas, só espero que o filme não seja muito chato nem tenha poesia em trova, se eu quiser ver um filme de amor eu baixo um desses pornos que a lívia gosta de ver com o marido, tipo os da Adam&Eve e etc.  
 

Dré
Foto de Dré

Aqui em Sampa tá rolando pré-estréia aberta deste terça, QN. Acho que as salas tão preocupadas que o povo não vá ver neste fim de semana de feriado prolongado.

E esse Espetacular Homem-Aranha não tem nada de espetacular. Pelo total contrário, é um dos filmes mais clichê e coxinha dos últimos tempos. Basicamente pegaram os personagens da franquia e enfiaram em um romance com pitadas bem esparsas de aventura, com cenas que já vimos em diversos outros filmes no meio – principalmente da franquia anterior.

Mesmo na área do romance, não há uma sequência que seja tão emblemática e visualmente marcante quanto o beijo de cabeça pra baixo do Tobey Maguire na Kirsten Dunst. E contente-se com o drama, porque o filme não se preocupa com ação ou ameaças. As sequências de luta são pouco inventivas, com o Aranha ( que só aparece semi-uniformizado depois de exata 1 hora de filme ) apelando bastante para seus lançadores de teia e fazendo poses ( extraídas da fase Todd McFarlane dos quadrinhos, bem como o cara do Omelete apontou ), com o povo ajudando o herói, ele salvando uma criança, uma aparição da bandeira americana e o pior de tudo: os vilões se arrependendo. Tudo bem que isso parece ser uma constante nos filmes anteriores, mas aqui os três antagonistas ficam amiguinhos do herói!

Esperava também um pouco mais do humor típico do Aranha, mas também deixaram isso de lado pra focar numa nova e pouco criativa base pro personagem. A morte do Tio Ben, por exemplo, deixou de ser o motivo principal pro Peter se tornar o Aranha ( essa trama e a busca pelo assassino, inclusive, é deixada totalmente de lado na metade do filme ), pra estabelecer uma nova origem, agora envolvendo o pai do Peter – ele era um geneticista na Oscorp, onde trabalhava com o estudo de cruzamento de espécies, mas resolve abandonar o filho com os tios após alguém atacar sua casa. Anos mais tarde, Peter encontra o resultado destas pesquisas e entrega ao antigo parceiro de seu pai, o Dr. Curtis Connors, que há anos tentava resolver uma equação do pai de Peter para finalizar não apenas o estudo original, mas também poderia ajudá-lo a regenerar seu braço perdido e curar o dono da empresa de pesquisas – Norman Osborn, que aparentemente não dá as caras aqui. Claro que Curtis vai usar o tal estudo em si mesmo ( mais um eco do primeiro filme ), injetando uma solução de répteis, se transformando no Lagarto e tendo o plano maravilhoso de transformar a população da cidade em répteis. Peter Parker, picado por uma aranha cobaia dos mesmos estudos ( sem maiores detalhes ), se vê como culpado por essa treta toda e resolve impedir o vilão.

O lado bom: Emma Stone ficou perfeita de Gwen Stacy e consegue fazer um pouquinho mais do que ser a mocinha em perigo, colocando até certa carga dramática em uma das cenas ( de romance, nada de ação aqui também ) finais. E a infalível aparição do Stan Lee talvez seja a melhor que ele já fez.

O restante não tem salvação. O ator novo ( um PC Siqueira sem a vesguice ) acrescenta mais na presença indie/nerd pro romance do que tem porte de herói, ficando mais próximo da versão Ultimate do Aranha das HQs e lembrando um pouco até aquela versão do seriado de TV dos anos 70 . Os coadjuvantes não passam disso e a posição de pior vilão do Aranha no cinema já não é mais do Duente Verde – com quem o Lagarto, aliás, tem várias similaridades, inclusive vive ouvindo vozes.

Levando tudo isso em consideração, e principalmente indo ao cinema sem esperar uma aventura, vemos na tela um filme de encomenda pra iniciar uma franquia nova, trocando atores e mexendo sem muita criatividade em algumas poucas peças. Comparando infalivelmente com a trilogia anterior, é melhor que o terceiro e surtado filme do Sam Raimi com o herói, mas não tem o impacto do primeiro e não chega aos pés do realmente espetacular segundo filme.

Pior que justamente uma única alteração no roteiro salvaria o filme dessa catástrofe:

Spoiler: Highlight to view
por que não, como nos quadrinhos, matar a Gwen Stacy no final?

Isso daria uma belíssima mudança no status quo desta nova origem recheada de convenientes coincidências ( algo que, lembrando, matou o último filme do herói ).

Em paralelo, algo curioso tem que ser apontado: este é um dos filmes mais emblemáticos da atual geração Katy Perry/Justin Bieber e tanto atores quanto diretor souberam trabalhar o jeito dos aborrescentes de hoje. Peter Parker não consegue dialogar com pessoas mais velhas – seja brigando com seus tios ou até para tentar explicar ao policial pai da Gwen quem é o vilão a solta na cidade. O cara pode ser um gênio ( ao menos é o que o filme dá a entender, pois vemos Parker entendendo equações científicas e mexendo em engenhocas com a maior facilidade sem explicação ), mas não sabe conversar sem ficar mexendo a cabeça, ficar de boca aberta e tampouco encarar alguém olho no olho. Toca até Coldplay na sequência em que o herói começa a testar seus novos poderes.

Enfim, isso tudo é uma ducha de água gelada depois da gozada quadrinística dos Vingadores. De 0 a 10, esse Mequetrefe Homem-Aranha leva uma nota S2 carregada de ironia.

Ah, tem uma cena extra péssima e mal explicada durante os créditos.

Junior-RO
Foto de Junior-RO

Dré wrote:

Tudo bem que isso parece ser uma constante nos filmes anteriores, mas aqui os três antagonistas ficam amiguinhos do herói!

Mas nos gibis o Stacy fica amigo do Parker. O Connors também. Não tem nada de errado nisso.

 

Quote:

Esperava também um pouco mais do humor típico do Aranha, mas também deixaram isso de lado pra focar numa nova e pouco criativa base pro personagem. A morte do Tio Ben, por exemplo, deixou de ser o motivo principal pro Peter se tornar o Aranha ( essa trama e a busca pelo assassino, inclusive, é deixada totalmente de lado na metade do filme ), pra estabelecer uma nova origem, agora envolvendo o pai do Peter – ele era um geneticista na Oscorp, onde trabalhava com o estudo de cruzamento de espécies, mas resolve abandonar o filho com os tios após alguém atacar sua casa. Anos mais tarde, Peter encontra o resultado destas pesquisas e entrega ao antigo parceiro de seu pai, o Dr. Curtis Connors, que há anos tentava resolver uma equação do pai de Peter para finalizar não apenas o estudo original, mas também poderia ajudá-lo a regenerar seu braço perdido e curar o dono da empresa de pesquisas – Norman Osborn, que aparentemente não dá as caras aqui. Claro que Curtis vai usar o tal estudo em si mesmo ( mais um eco do primeiro filme ), injetando uma solução de répteis, se transformando no Lagarto e tendo o plano maravilhoso de transformar a população da cidade em répteis. Peter Parker, picado por uma aranha cobaia dos mesmos estudos ( sem maiores detalhes ), se vê como culpado por essa treta toda e resolve impedir o vilão.

 

O Lagarto sempre quis transformar as pessoas. Eu tinha 7 anos quando li meu primeiro Homem-Aranha e era uma história de um baita dum calango trabalhando num laboratório. A única diferença é que no gibi original, o Lagarto vai para a Flórida e o Aranha vai atrás a pedido da esposa do Connors.

A mescla de idéias com o universo Ultimate e a reformulação da morte do tio Ben, da evolução de vingança pessoal para uma tomada de consciência de "ter obrigação moral de ajudar" foi melhor retratada nesse filme do que em qualquer outro.

A absurda violência gratuita e a terrível consequência foram melhor retratadas: nada fica sugerido, não foi apenas a mulher vestir o preto da viuvez. Peter vê a tia sofrendo pra caralho. O tio Ben saiu para dialogar com o Peter, então a culpa é maior. Ele sente tanta culpa que não consegue nem ouvir o voice-mail na primeira vez. Melhor do que qualquer gibi e qualquer desenho já feito.

Sobre Connors usar o estudo em si mesmo: faz mais de 40 anos que o Lagarto nasceu dessa forma. Não poderia ter sido feito de outra maneira, sob pena de ficar muito infiel à mitologia Aranha.

 

Quote:

...a posição de pior vilão do Aranha no cinema já não é mais do Duente Verde – com quem o Lagarto, aliás, tem várias similaridades, inclusive vive ouvindo vozes.

Aí eu concordo. Esse Lagarto é muito ruim. Mas nada é pior que o Venon do Homem Aranha 3.

 

Quote:

por que não, como nos quadrinhos, matar a Gwen Stacy no final?

Porque isso é prerrogativa do Duende Verde.

 

Quote:

Isso daria uma belíssima mudança no status quo desta nova origem recheada de convenientes coincidências ( algo que, lembrando, matou o último filme do herói ).

A única coincidência ruim de engolir é a Gwen trabalhando no mesmo laboratório do Connors. Ela era patricinha nos gibis, não deveria estar lá. E nem precisaria estar. Muito menos, saber produzir mais soro.

 

Quote:

Enfim, isso tudo é uma ducha de água gelada depois da gozada quadrinística dos Vingadores. De 0 a 10, esse Mequetrefe Homem-Aranha leva uma nota S2 carregada de ironia.

Não consigo entender isso. Tirando o Hulk, Vingadores é um filme meio bobo, com o pior Capitão América e um Thor fraco.

Spoiler: Highlight to view

Ao assistir  Parker todo atrapalhado com as novas habilidades, com dificuldade para escapar da gang com quem estava brigando, e com o Aranha sofrendo pra escapar da polícia e dando de cara num ônibus, meu filho de 12 anos comentou "Legal né? No outro filme, ele ganhou os poderes e já ficou profissional. Aqui não, ele tá aprendendo a usar e não é fácil."

Minha esposa falou: tem pouco Homem-Aranha no filme. Sobre isso, já escrevi aqui no Joio: Peter Parker é o único personagem que pode ter vida pessoal. Se vc igSe não fosse a expectativa pelo herói subindo paredes e se balançando na teia, a história evoluia bem, com uma boa tensão entre Parker e Gwen. Era um bom filme de romance adolescente. Daí a aranha mordeu o guri e a vida do Parker e o filme mudam. Tudo muito certinho.

Lembrem: todos os gibis falaram disso a vida inteira: as histórias do Aranha são as histórias do Parker. Uma das revistas dele nos EUA é chamada de "Peter Parker". Os Ramones gravaram na década de 70 uma música chamada "ninguém gosta do Peter Parker". Por isso, nesse filme, o grupo musical foi homenageado pelo Parker usando uma camisa dos Ramones. Isso é ser fã, compreender o personagem e sua história e saber homenagear. Outro exemplo: fugindo dos marginais, um telhado desaba e Parker cai num um ringue de boxe abandonado. Recado perfeito do diretor para os fãs: "a gente sabe que originalmente, ao ganhar os poderes, Parker inicia disputando torneios de luta. Não dava para colocar na história mas estamos mostrando nosso respeito com essa rápida cena". Perfeito.

Dré
Foto de Dré

Para um fã do personagem deve ter sido bom mesmo, captando referências e coisa e tal. Como filme é chato, irregular, claramente feito sob encomenda ao diretor errado, perdido entre referências das HQs, da trilogia anterior e procurando uma identidade própria.

Não é o pior filme do Aranha, mas também não tem nada de especial - a não ser, repito, pra fãs.

Junior-RO wrote:
A única coincidência ruim de engolir é a Gwen trabalhando no mesmo laboratório do Connors. Ela era patricinha nos gibis, não deveria estar lá. E nem precisaria estar. Muito menos, saber produzir mais soro.[/spoiler]

Pois é, curioso como ela conseguiu produzir o antídoto pra um gás venenoso lagartófito que tinha acabado de ser inventado.

agraciotti
Foto de agraciotti

o filme já se queimou quando tenta vender - DE NOVO - essa coisa de atrelar a origem do vilão à origem do herói. Quando vão aprender q isso NUNCA dá certo? 

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Junior-RO
Foto de Junior-RO

Na verdade, tentaram atrelar as duas origens à uma causa comum: as pesquisas científicas na Oscorp. Mas foi feito assim no universo Ultimate.

agraciotti
Foto de agraciotti

Junior-RO wrote:

Mas foi feito assim no universo Ultimate.

Por isso q valorizo tanto o X-Men First Class. Fez uma banana pros fãs, ligando o foda-se, mudando tudo que tinha direito em relação aos quadrinhos e fez um dos filmes mais bacanas de super-heróis. 

Já to até achando q no gênero "adaptação de quadrinhos para o cinema", quanto menos fiel, melhor.

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Leão da Barra
Foto de Leão da Barra

agraciotti wrote:

Já to até achando q no gênero "adaptação de quadrinhos para o cinema", quanto menos fiel, melhor.

--------

Falta de Esculhambação

 

agraciotti
Foto de agraciotti

Leão da Barra wrote:

agraciotti wrote:

Já to até achando q no gênero "adaptação de quadrinhos para o cinema", quanto menos fiel, melhor.

Mas esse aí não era fiel a nada. Nem ao bom senso.

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

quase nada
Foto de quase nada

Dré, por aqui tb teve essas pré, mas só numas salas meia boca já que o Ice Age 4 canibalizou as melhores, optei pela estréia oficial.

Estamos na fase das trevas do atores de ação mais jovens, eles nem existem mais, esses caras entre 18 e 23 anos são todos frescos e hipsters. Eu mataria mais da metade apenas no susto, temos que nos contentar com os trintões e quarentões, tipo o jason statham ou downey junior e, pra ver como a coisa ta feia, até duzentões como no caso do Liam Neeson.

Não temos um badass juvenil, o 21 jump street brinca com a atitude do adolescente moderno, tanto que na gang dos vilões tem um garoto naturebista, uma cênica do clubinho de teatro e um [editado]. Esse Dwardo Cabeção é uma piada, tinham que botar esse cara pra tomar uns shakes de whey protein antes de assumir o papel, até a Emma zoião Stone é mais macho que ele.

Essa garotada do leite com pera só quer saber de arrumar o cabelo, twittar bosta, comida micróbica, sustentabilidade e etc, que tal eu sustentabilizar o peso da minha mão na cabeça de vcs? Por isso que sou a favor de uma guerra mundial, bota uma metralhadora na mão desses frozôs que na mesma hora eles ficam menos afrescalhados, meu avô que tinha razão, quero ver esses otários se preocuparem com alimentos orgânicos quando tem um vietcong na tua cola.

quase nada
Foto de quase nada

Eu vi com poucas expectativas e ainda assim me decepcionei, eu ainda lembro da comoção do primeiro homem aranha (que foi equivalente ao desse dark knight rises, tinha gente indo ao cinema só pra ver trailer), mas agora tudo mudou.

10 anos atrás...

Bons tempos... Hein RayJ? Se lembra quando tu tinha a moral de comer as minas assim:

Bennet, se lembra do teu cabelo? Puxa vida, não tinha nada mais belo que teu cabelo, era o que eu chamava de "cabelo bom", cabelo de crina de unicórnio irado.

Hein Lívia? Se lembra quando tua pele ainda era sedosa?

Hj em dia o catatau do ray mal sobe e já que dormir, a lívia já ta batendo na porta da menopausa, o cabelo do bennet parecendo a piaçava do cramunhão (nem uma chapinha atômica resolve) e o terenzi aquela desgraça de sempre. sei lá, eu fiquei meio triste nesse filme, chego no ingresso.com, escolho a cadeira, chego na sala, não pego fila, não sinto a vibe do povo, não tenho minha turminha de amigos nem nada... a dez anos atrás a gente tinha mais amigos, hj em dia, a cada ano de sua vida vc perde o contato de 2 amigos (sendo que o agraciotti, que já não tinha nenhum, está com um saldo negativo de 336). O charlie, que é velho pacas, além de perder o contato com os amigos, tb perde os amigos em si, que morrem de idosidade.

Odiei o filme, o Garfield é tão feio que dói na vista, meio magrelo, parece que ta doente, além dos super poderes a aranha deve ter passado aids ou gripe suína. O 3D está muito ruim (e olha que sou um dos maiores defensores, mas naquelas cenas dramáticas dentro da casa fiquei com vontade de tirar os óculos, o que é uma pena, pois a cena final [com o aranha jogando um cumshot em direção a tela] é foda [se tivessem mais umas 4 daquelas o filme valeria a pena]).

A trilha... puts... que coisa ruim, e eu pensando que a do prometeus era feia, mas tem uma hora que a emma ta escondida do sr. largato e botam um "piano dramático" tão horroroso que me fez rir, o Dré tinha falado que tocava radiohead, então pensei: "beleza, pelo menos vai tocar creep, vou me emocionar pra dedeu e chorar pacas... " mas não, me toca uma música que parecia 1Direction. Poxa, se vc vai por música do radiohead no teu filme, bota creep; se for metalica, bota enter sandman e por ai vai.

A emma stone não combina com o garfield, fica patético, parece que ela está com ele por pena. Outra coisa que não entendo é que as pessoas que gostaram desse reboot sempre alertam pra não comparar com o aranha do sam raimi(que detona esse daqui), mas poxa, eu vou comparar com o que? Beijo da mulher Aranha do babenco?  

Nota: 2,03
 

Dré
Foto de Dré

Vejam esta matéria, que fala sobre os possíveis cortes e idéias limadas que fizeram o filme perder muito do sentido. Cita algo que eu esqueci de comentar: o filme dá indícios da tal nova origem - onde o Peter não ganha os poderes exclusivamente por ser picado pela aranha, mas sim por seu pai ter feito experiências com o menino quando ele era pequeno. A aranha, então, apenas desencadeia poderes que estavam no moleque. Mas isso tudo também não é explicado, e, como a trama do Tio Ben, acaba se perdendo no meio do romance. Imagino que estão guardando isso pra continuação, já confirmada agora que o filme foi bem de bilheteria.

Ray J
Foto de Ray J

Dré wrote:

Vejam esta matéria, que fala sobre os possíveis cortes e idéias limadas que fizeram o filme perder muito do sentido. Cita algo que eu esqueci de comentar: o filme dá indícios da tal nova origem - onde o Peter não ganha os poderes exclusivamente por ser picado pela aranha, mas sim por seu pai ter feito experiências com o menino quando ele era pequeno. A aranha, então, apenas desencadeia poderes que estavam no moleque. Mas isso tudo também não é explicado, e, como a trama do Tio Ben, acaba se perdendo no meio do romance. Imagino que estão guardando isso pra continuação, já confirmada agora que o filme foi bem de bilheteria.

Parece que tem uma frase solta no meio do filme que dá a entender isso. Algo como "Você acha mesmo que uma aranha faria isso com você?"

Saudações
Ray Jackson

Livia
Foto de Livia

Gente, to chocada.

que filme ruim.

que ator ruim.

que trilha terrivelmente ruim.

Deviam prender os roteiristas desse filme e jogar a chave fora, pqp.

eu olhava o relogio de 5 em 5 minutos torcendo pra acabar logo pq eu não aguentava mais.

Saí triste do cinema. Um filme totalmente desnecessário.

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...