Hollywood e o assédio sexual

19 posts / 0 new
Último post
Livia
Foto de Livia
Hollywood e o assédio sexual

Virou moda. Todo dia você abre um site de noticias e tem lá "fulana acusa ciclano de assédio a 10/20/30 anos atrás". Se o fulano tiver ganho algum prêmio importante então, pode esperar que no dia seguinte choverão denuncias. E nisso carreiras importantes tem ruido, filmes sendo refeitos, séries sendo canceladas e afins. A sentimento é meio conflituoso, não sei se fico aliviada por, finalmente, os homens estarem pagando por séculos e séculos de abuso, ou se fico triste por artistas sensacionais estarem sendo jogados no limbo, com chances concretas de nunca mais vermos suas atuações.

Sem vitimismo, coisa que eu odeio, mas, ser mulher não é fácil. Eu fui uma adolescente gordinha, então não era muito visada. Aí tomei vergonha na cara, fiz regime, academia, e, do nada, os homens se transformaram. Homens que antes nunca me olhavam começaram a querer puxar papo, alguns amigos começaram a me tratar diferente. Pra quem nunca foi notada, eu achava isso sensacional. Eu me sentia linda, gostosa, gostava da atenção que estava recebendo. Mas, de repente, algumas cantadas começaram a me incomodar. Um professor da faculdade um dia disse q eu poderia ter certas facilidades se fosse com ele pra um motel depois da aula. O instrutor da auto escola ficava roçando a mão na minha perna cada vez q ia passar de marcha. Meu irmão pegou um amigo se masturbando no banheiro de casa cheirando uma calcinha minha (a tranca do banheiro tinha problema, vc achava q tinha trancado e na verdade a porta continuava aberta). Com o tempo, fui percebendo que antes as pessoas que me notavam, era pelo meu conteudo, pelo q eu era. Depois passei a ser notada pela aparência. Antes as pessoas queriam conversar comigo, depois só queriam me comer. Perceber que ninguém mais me via como um ser humano, e sim como um objeto pra satisfazer os desejos sexuais de alguns homens me enojou, e enoja até hoje.

Cara, é impressionante como isso mexe com a gente. Comecei a escrever um texto que iria falar sobre a onda de acusações, e do nada o assunto me trouxe lembranças que eu preferia esquecer. Lembranças que doem no fundo da alma. Um homem nunca vai saber o que é ser seduzida, ver a pessoa passando meses te dando atenção, falando que você é linda, falando aquilo que lá no fundo vc quer ouvir. E nunca vão saber como é, depois de muito tempo lutando contra, se apaixonar pelo cara, achar q finalmente encontrou o homem da tua vida. Homem esse que, depois que comeu, some, para de te responder no whats, não atende tuas ligações. Ele não usou só teu corpo pra satisfazer um desejo, ele quebrou tua alma nesse processo. Te quebrou de um jeito que provavelmente nunca mais vai dar pra consertar. Ele te fez pegar ódio sobre si mesma, se culpar, se multilar, como se realmente você fosse a responsável.

Eu vejo pessoas dizendo que, se a pessoa foi abusada, pq ele espera tanto tempo pra divulgar. Vc´s precisam entender que muitas vezes, não é pelo dinheiro, pela fama, ou por outros N fatores, e sim pela vergonha que sentimos, por saber que será a nossa palavra contra a dele, numa sociedade onde o dinheiro, a fama e o poder sempre falam mais alto. A poucos dias uma menina de 16 anos aqui da cidade foi na delegacia fazer um BO contra um tatuador que, ao retocar uma tatuagem que ela tem na virilha, "acidentalmente" colocou um dedo dentro dela enquanto o outro ficou batendo no clitoris. Na delegacia o tatuador falou q era tudo mentira, que a menina tentou dar em cima dele e ele, por ser casado, disse que não e por isso ela tinha inventado a história. Adivinha em quem todo mundo, inclusive a mãe da menina, acreditou? Pois é, é nessa sociedade que vivemos, onde somos abusadas e ainda chamadas de mentirosas.

Eu não concordo com muita coisa que está acontecendo. Mas acho q isso é necessário para que comecemos uma mudança, e quem sabe num futuro distante possamos ser tratadas com o respeito que merecemos.

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Terenzi
Foto de Terenzi

O que eu acho que é o grande problema deste tema é que a perspectiva social e individual sempre se confudem....

Eu realmente acho que pessoas que usam de suas posições sociais ou hierarquicas para ter vantagens sexuais são crápulas que devem pagar por isso. Mas o que me incomoda um pouco (ou muito) é que em geral rola um julgamento instantâneo do acusado como se o simples fato de ter sido acusado fizesse dele um monstro. Eu acho excelente que este assunto esteja sendo discutido em tantas esferas mas me preocupo um pouco quando as coisas ficam pasteurizadas demais tipo o "protesto" do Globo de ouro.

Não da pra colocar todos os acusados no mesmo saco e nem todos os acusadores... Esta coisa toda da opinião pública é sempre meio perigosa, me lembro daquela jornalista que acusou o Feliciano de tentativa de estupro, lembram? É foda porque aí as acusações que são realmente sérias acabam ficam minimizadas. Mas enfim, é um tema muito delicado e eu imagino que muito sensível pra quem já passou por isso.

agraciotti
Foto de agraciotti

Tenho q confessar q quando vejo uns tópicos antigos aqui do Joio fico até assustado como está CHEIO de comentários misóginos e machistas, inclusive de mim mesmo que, quando olho penso, "puta merda, como eu era idiota". 

Eis o grande lance desse momento q tá rolando: nos força a ver o mundo da perspectiva de outras pessoas e outras experiências, e rever os valores que crescemos (pq afinal de contas, todos crescemos cultivando valores machistas e racistas. Sorte a nossa q tivemos oportunidade de viver esse momento enquanto ainda somos ~ jovens ~.  Nossos pais não tiveram essa chance e nossos avós muito menos. Daí a dificuldade deles de participar desse debate). 90% dos problemas do mundo poderia ser resolvido com isso ne.

É um momento delicado. Sim, é possível q deve ter mulheres exagerando a interpretação do "flerte"; sim, é possível q tenha homens inocentes e prejudicados. MAS...isso é um drama feminino milenar. As mulheres vivem em opressão, medo, baixa auto-estima, falta de oportunidades, assediadas, etc, etc, etc há muito, MUITO tempo. É óbvio q quando a casa caísse, dificilmente seria de forma "justa" pra todo mundo; seria chutando a porra toda mesmo.

Por um lado tb acho q a maneira com que tão condenando os nomes de hollywood através de tweets (e acabando imediatamente com a carreira deles)  se assemelha muito a um linchamento público, oq é sempre muito complicado numa sociedade moderna . Mas por outro lado, é isso - Nenhuma revolta que vem de repressão de milênios vem à tona de maneira branda. Não tem nem certo e errado nisso. É apenas como é. Afinal, querer quebrar o patriarcado é tão complicado quanto querer quebrar o capitalismo: está entranhado demais nas estruturas socias pra que não seja uma mudança devastadora e dolorosa em muitos aspectos. Mas que alívio que essas coisas aconteçam, nao? Ver que sistemas opressores ainda podem ruir.

Nós homens temos é q baixar a cabeça, observar tudo e fazer o que for possível para mudar nossos hábitos. Inclusive na forma de entender o que falamos, a forma que agimos e o que consumimos. Tem q começar com as pequans coisas, como olhar de forma crítica a maneira extremamente problemática que a mulher é representada em filmes como Blade Runner 2049 ou a tia May no Homem-Aranha (que inclusive a Livia disse q nao viu problema, o que mostra q o problema é social e não se restringe a gênero :P) ou valorizar e incentivar a mais homens assistirem a coisas como as séries Big Little Lies e Handmaid's Tale.

Uma pena que só temos uma mulher aqui no fórum. Seria interessante ouvir de mais mulheres relatos como o da Livia. 

 

 

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Pringles
Foto de Pringles

O tópico começou bem, mas já falaram de capitalismo opressor aí, então eu vou me abster de comentar. 

Terenzi
Foto de Terenzi

“Tem q começar com as pequans coisas, como olhar de forma crítica a maneira extremamente problemática que a mulher é representada em filmes como Blade Runner 2049 ou a tia May no Homem-Aranha (que inclusive a Livia disse q nao viu problema, o que mostra q o problema é social e não se restringe a gênero :P)”

eu admito que se fosse uma conversa cara a cara eu teria te mandado tomar no cu e dado um tapa na sua cabeça 

agraciotti
Foto de agraciotti

Terenzi wrote:

eu admito que se fosse uma conversa cara a cara eu teria te mandado tomar no cu e dado um tapa na sua cabeça 

Entao ja q nao estamos cara a cara, conta mais. pq vc nao ve problema nesses filmes ou acha esse tipo de olhar uma grande bobagem?

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Livia
Foto de Livia

agraciotti wrote:

Terenzi wrote:

eu admito que se fosse uma conversa cara a cara eu teria te mandado tomar no cu e dado um tapa na sua cabeça 

Entao ja q nao estamos cara a cara, conta mais. pq vc nao ve problema nesses filmes ou acha esse tipo de olhar exagero?

Eu ainda acho que a marisa tomei de tia may ficou sensacional. Se tivessem colocado ela em situações sexys, com pouca roupa e afins, beleza, mas po, não vi nada disso no filme.

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

agraciotti
Foto de agraciotti

Livia wrote:

Eu ainda acho que a marisa tomei de tia may ficou sensacional. Se tivessem colocado ela em situações sexys, com pouca roupa e afins, beleza, mas po, não vi nada disso no filme.

Entao pra ser machista precisa de botar a mulher numa "situação sexy"? 

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Livia
Foto de Livia

agraciotti wrote:

Livia wrote:

Eu ainda acho que a marisa tomei de tia may ficou sensacional. Se tivessem colocado ela em situações sexys, com pouca roupa e afins, beleza, mas po, não vi nada disso no filme.

Entao pra ser machista precisa de botar a mulher numa "situação sexy"? 

Ué, vc queria q contratassem um homem pro papel? Contrataram uma mulher, pra um papel feminino, não teve nada sexy, onde vc ta vendo machismo?

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

Terenzi
Foto de Terenzi

agraciotti wrote:

Entao ja q nao estamos cara a cara, conta mais. pq vc nao ve problema nesses filmes ou acha esse tipo de olhar uma grande bobagem?

Eu ABSOLUTAMENTE não vejo problemas nestes filmes. Mais do que isso, não acho que este olhar seja uma bobagem, acho que é algo contraprodutivo. Essa coisa de trabalharmos como um pêndulo é muito ruim! Se não queremos ser mais machistas e preconceituosos, a única solução é o extremo oposto onde qualquer tipo de brincadeira é considerada ofensiva ou qualquer tipo de elevação da beleza feminina ou cantada é machismo! Pelo amor de Deus, é tão óbvio que o meio do caminho é o local mais sensato! Eu até entendo a necessidade de movimentos extremistas e feministas que irão apregoar o extremo o oposto. Porque pra que a gente saia de um lado do pêndulo é preciso ter gente puxando na direção oposta. Mas quando isso vira o Mainstream e você começa a ver o cidadão médio repetindo o discurso extremista de grupos feministas é porque entendemos tudo errado.

agraciotti
Foto de agraciotti

Livia wrote:

Ué, vc queria q contratassem um homem pro papel? Contrataram uma mulher, pra um papel feminino, não teve nada sexy, onde vc ta vendo machismo?

ahhh Livia. Me entristece tanto esse debate. Vimos mesmo o mesmo filme?

Como assim não teve nada de sexy? TUDO SOBRE A PERSONAGEM NO FILME SE TRATA DOS HOMENS DIZENDO O QUÃO SEXY ELA É. (eufemismo não ne? Chamam de "gostosa" mesmo) 

Ela não tem plot, não tem arco, não tem papel dramático (sequer como suporte emotional pro Peter) e está lá APENAS para que seja atraente e OBJETIFICADA.

Veja bem, eu até gosto da ideia de botarem uma Tia May mais jovem e atraente. A questão não é o conceito, mas a execução (da mesmo forma que esse filme do HOmem-aranha tem talvez a melhor representividade racial de uma escola em Nova York dos últimos tempos, mas todos são uns patetas e pessimamente escritos).
 

um bom artigo da Screen Rant sobre ela:
https://screenrant.com/spider-man-homecoming-aunt-may-marisa-tomei-sexism/

E esse da Marie Claire critica não só ela, mas como todos os personagens femininos do filme são escritos:
http://www.marieclaire.com/culture/news/a28090/spider-man-homecoming-review/

Daí se ainda assim vc não ve isso como um problema, e o q isso diz sobre nossa cultura sexista.... não sou eu q vai te abrir os olhos. A internet ta aí com milhões de conteúdos pra isso.

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

agraciotti
Foto de agraciotti

Terenzi wrote:

agraciotti wrote:

Entao ja q nao estamos cara a cara, conta mais. pq vc nao ve problema nesses filmes ou acha esse tipo de olhar uma grande bobagem?

Eu ABSOLUTAMENTE não vejo problemas nestes filmes. Mais do que isso, não acho que este olhar seja uma bobagem, acho que é algo contraprodutivo. Essa coisa de trabalharmos como um pêndulo é muito ruim! Se não queremos ser mais machistas e preconceituosos, a única solução é o extremo oposto onde qualquer tipo de brincadeira é considerada ofensiva ou qualquer tipo de elevação da beleza feminina ou cantada é machismo! Pelo amor de Deus, é tão óbvio que o meio do caminho é o local mais sensato! Eu até entendo a necessidade de movimentos extremistas e feministas que irão apregoar o extremo o oposto. Porque pra que a gente saia de um lado do pêndulo é preciso ter gente puxando na direção oposta. Mas quando isso vira o Mainstream e você começa a ver o cidadão médio repetindo o discurso extremista de grupos feministas é porque entendemos tudo errado.

Cara, vc viajou. Não tem nada de extremo nisso. E nem to defendendo o extremo de achar q "qualquer tipo de brincadeira é considerada ofensiva ou qualquer tipo de elevação da beleza feminina ou cantada é machismo". Bem longe disso. Esses filmes não tem nada de "elevação da beleza feminina". São ofensivos ao gênero mesmo, e apenas perpetuam a mesma imagem que a cultura pop propagou durante décadas e achávamos "normal".

Ver qualquer crítica ao q parece "normal" como "extremismo" é justamente a raiz do conflito que estamos vivendo no mundo hoje e porque essas discussões acabam tomando um rumo polarizado e completamente errado. 

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Livia
Foto de Livia

Esses dias eu estava assistindo o novo ferias frustradas e o chris hemsworth aparece só assim:

Basicamente ele aparee no filme como o gostoso pintudo. E ninguém reclamou que ele não tem um arco dramatico.

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

agraciotti
Foto de agraciotti

Livia wrote:

Esses dias eu estava assistindo o novo ferias frustradas e o chris hemsworth aparece só assim:

Basicamente ele aparee no filme como o gostoso pintudo. E ninguém reclamou que ele não tem um arco dramatico.

 

Bem.... se vc realmente acha q sexualizar o homem tem o mesmo efeito do q quando a mulher é sexualizada, então pode fechar o tópico pq realmente o assunto acabou.

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Terenzi
Foto de Terenzi

Deveria ter. Este é o ponto

Livia
Foto de Livia

agraciotti wrote:

Livia wrote:

Esses dias eu estava assistindo o novo ferias frustradas e o chris hemsworth aparece só assim:

Basicamente ele aparee no filme como o gostoso pintudo. E ninguém reclamou que ele não tem um arco dramatico.

 

Bem.... se vc realmente acha q sexualizar o homem tem o mesmo efeito do q quando a mulher é sexualizada, então pode fechar o tópico pq realmente o assunto acabou.

Mas não é o q todos querem? direitos iguais?

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

And then there was silence...

agraciotti
Foto de agraciotti

Deveria, mas não é. E nao é assim que vai ser.

O q vcs tão defendendo é tão falacioso quanto o "racismo contra brancos", como se a inversão dos papéis hipoteticamente já fosse o suficiente para se equiparar o discurso e fazer justiça, ignorando completamente q o desequilíbrio dessa balança é histórico e estrutural na nossa cultura. A representação dos privilegiados e que sempre se beneficiaram do status quo, seja de qual perspectiva, JAMAIS vai ter o mesmo peso e responsabilidade da representação dos q sempre que foram subalternos e marginalizados por ele.

Meudeus gente, nao sei o q vcs andam lendo (ou não lendo). 

 

--------------------------------------

https://soundcloud.com/cellardoorbr

Terenzi
Foto de Terenzi

https://www.hoover.org/research/contradiction-rules-feminism

 

Ray J
Foto de Ray J

agraciotti wrote:

Nós homens temos é q baixar a cabeça, observar tudo

Juro que eu li "baixar a calça". E não estou zoando.

Saudações
Ray Jackson